Dicas de Viagem

Como programar um roteiro de viagem?

Saber como programar um roteiro de viagem pode fazer toda a diferença entre alcançar todas as suas expectativas ou frustrar seus planos.

Ele permite que você tenha as informações necessárias e que não perca muito tempo tentando resolver pendências. Ou seja, você terá mais tempo livre para explorar seu destino com tranquilidade.

Portanto, ter um itinerário facilita bastante a vida do viajante. Continue lendo este post para saber como planejar um roteiro!

Saber como programar um roteiro de viagem pode fazer toda a diferença entre alcançar todas as suas expectativas ou frustrar seus planos.

Dicas de como programar um roteiro de viagem

1. Decida qual será a duração da viagem

Antes de definir o orçamento, você precisa saber quanto tempo pretende viajar. O custo vai variar de acordo com esse período.

Então, veja se você quer ficar fora por uma semana, duas semanas, um mês… Calcule o número total de dias.

Veja quantos dias você terá de férias e como quer aproveitá-los

2. Determine o orçamento

O próximo passo de como programar um roteiro de viagem é definir o orçamento. Seja realista e veja quanto pode gastar. Esse valor norteará a decisão para o destino da viagem, o meio de transporte e que hotéis reservar.

Não adianta nada criar um roteiro fantástico e descobrir depois que o orçamento será insuficiente.

Então, consulte suas economias! Ou faça uma previsão de quanto poderá economizar para a viagem. Isso permitirá que você tenha mais liberdade sobre despesas extras.

Afinal, podem aparecer oportunidades de novas experiências na viagem que não estavam necessariamente previstas.

Saber o orçamento também será importante para que você decida se viajará na alta ou na baixa temporada. Se comprará passagens com antecedência, entre outros fatores.

3. Defina o destino

Agora, você deve escolher um destino nessa etapa de como programar um roteiro de viagem. Procure por locais que gostaria de conhecer. Veja se quer passar o tempo em contato com a natureza ou se prefere um ambiente mais urbano.

Busque lugares inusitados ou locais reconhecidos do ponto de vista turístico. Enfim, analise o que se adéqua melhor ao seu orçamento e às suas preferências.

O destino pode variar se você vai viajar sozinho, em lua de mel ou na companhia de amigos. Então, não hesite em passar alguns dias ou semanas comparando lugares e preços.

Você pode fazer uma planilha com os prós e contras, se estiver em dúvida entre um destino e outro. Além disso, coloque informações sobre gastos de cada local. Pesquise hotéis e também o custo de vida do lugar.

Veja também como é o clima do local na data em que planeja viajar. Se estará chovendo, nevando ou se haverá principalmente dias de sol.

Analise também a moeda local, caso queira viajar para fora do país. Verifique como está o câmbio atual, se você precisará economizar um pouco mais ou se o valor estará dentro do seu orçamento.

3. Organize os documentos

O terceiro ponto de como programar um roteiro de viagem é organizar e separar todos os documentos necessários. Existem pastas próprias de plástico que são bem práticas para organizar toda a documentação.

Nela, você pode guardar recibos, cartões de vacina, cartões de embarque, passagens, passaporte, entre outros. Não se esqueça de se antecipar quanto ao passaporte ou se precisará tirar visto.

E fique atento aos prazos para que isso não interfira negativamente no seu planejamento.

Se você já tem o passaporte, confira a validade para saber se está tudo certo. Não deixe para verificar isso a poucos dias de viagem.

Veja também se você vai querer algum visto de trabalho, caso esteja pensando em fazer uma viagem mais prolongada.

Não se esqueça de verificar se você precisará de uma licença específica para alugar um carro. Pode haver regras próprias dependendo do país.

4. Veja as opções de voos

Agora, o quarto ponto da lista de como programar um roteiro de viagem não é nada complicado. Faça uma pesquisa para ver os preços de diferentes opções de voos. De preferência, com antecedência para economizar na passagem!

Você pode fazer essa busca mesmo se não tiver decidido ainda para onde quer ir. Afinal, esses custos podem ser bem relevantes para seu orçamento. Os gastos com passagens aéreas podem ser bem baratos para alguns lugares e bem caros para outros.

Ainda, há sempre promoções em diferentes companhias. Então, para você talvez valha a pena escolher um lugar cujo destino está com o preço irresistível de uma passagem.

Anote todas essas informações na planilha. Assim, você conseguirá se organizar bem ao ponderar todos os fatores para a escolha do seu destino.

Uma dica de como programar um roteiro de viagem é que os voos no meio de semana costumam ser mais baratos.

Se estiver planejando viajar de carro no Brasil, ou mesmo para países da América do sul, faça um levantamento de quanto vai gastar com combustível. Verifique como está a situação das estradas. Quantas paradas precisará fazer…

Vale lembrar que viagens para países do Mercosul não exigem passaporte. Você pode viajar apenas com a identidade.

Ainda, pode ser que para você compense ir de ônibus também. Então veja os preços e quanto tempo vai gastar na estrada. E se esse tempo é viável para seus objetivos de viagem.

5. Faça um esboço do itinerário

Mesmo que você não tenha comprado ainda as passagens,  você já pode começar a esboçar o itinerário.

Nessa etapa de como programar um roteiro de viagem você já deve ter escolhido qual será seu destino. Reflita se você deseja conhecer apenas uma cidade ou se pretende conhecer outras cidades na vizinhança.

Ou se pretende ir para mais de um país. Nesse caso, verifique o custo de alugar um carro ou se compensa mais ir de trem, por exemplo.

Quantos dias você quer ficar em cada cidade? Que pontos turísticos quer conhecer? Há muita diferença de preço entre uma cidade e outra?

Por exemplo, suponha que você vai visitar alguma praia. Você incluirá pacotes de mergulho na sua viagem? Haverá gastos para transporte de barco? Pretende fazer algum cruzeiro?

Você vai fazer compras de artesanato local ou outros itens? Tudo isso precisa ser considerado antecipadamente de acordo com seu orçamento.

Veja também no Google Maps a distância entre uma cidade e outra, caso queira visitar mais de um local. Considere diferentes alternativas de transporte e faça comparações de preços.

6. Escolha entre as opções de acomodação

Chegamos à sexta etapa de como programar um roteiro de viagem! Depois de decidir qual será o melhor meio de transporte, você pode definir em que tipo de acomodação deseja se hospedar.

Hotel, hotel-fazenda, pousada, chalé, hostel, albergue… Decida de acordo com o seu orçamento e seu gosto pessoal.

Se você for passar por mais de uma cidade, procure as opções de estadia em cada cidade. Compare os preços e coloque na planilha.

Talvez você queira se hospedar em um hotel em determinada cidade. Mas em outra você pode compensar gastos escolhendo uma acomodação mais barata.

Você pode até optar por passar apenas poucos dias em um hotel luxuoso para desfrutar da sofisticação e ficar os outros dias em um hotel mais em conta.

No caso de cidades praianas, você precisa verificar se a acomodação fica de frente à praia ou se fica a poucos quilômetros. Ainda, se compensa mais ficar no centro da cidade.

Se você vai a um local mais urbano, veja se há metrôs ou trens próximos ao hotel. Talvez você prefira também se deslocar de Uber. Anote essas informações no seu roteiro também.

7. Preencha seu roteiro com as atividades que deseja realizar

Essa é uma das melhores partes de como programar um roteiro de viagem. Aqui você poderá visualizar o que realmente vai acontecer na sua viagem.

Você pode pesquisar que pontos turísticos quer conhecer e em quais dias. Museus, galerias, mirantes, templos, ruínas históricas… Anote tudo para poder organizar bem o seu tempo!

Verifique também as opções de restaurantes, cafés, bares ou casas noturnas que vale a pena visitar.

Anote na planilha o que você quer fazer em cada dia de viagem. Por exemplo, separe por Dia 1, Dia 2, Dia 3 e assim por diante. Em cada dia, coloque as atividades que deseja fazer de manhã, à tarde e à noite.

Pode ser que durante a viagem você tenha que alterar o roteiro. Não há nenhum problema em fazer adaptações no itinerário. De todo modo, é bom ter tudo anotado para você não se esquecer de nada.

Você pode incluir também uma estimativa de custo diário para a sua viagem nessa etapa. Inclua alimentação, transporte, acomodação e passeios.

8. Planeje como será sua comunicação e conectividade no destino

Por fim, essa última etapa de como programar um roteiro de viagem também é importante. Dependendo para onde você pretende viajar, você precisará ver se o seu plano de celular é propício para viagens.

Por exemplo, se você for para o exterior, você pode fazer ligações com que custos? Você terá acesso à internet pelo celular? O valor é acessível? Vale a pena trocar de plano?

Programar-se nesse sentido facilita a vida de qualquer pessoa!

Mesmo que você tenha acesso a Wi-fi grátis no hotel, provavelmente não é lá que você vai passar a maior parte do tempo, certo?

Veja se a sua operadora oferece planos internacionais temporários, se você for viajar para o exterior.

Seguindo todos esses passos, sua viagem será muito mais organizada! Você terá menos imprevistos e poderá aproveitar melhor cada dia no destino.

O que achou das dicas? Deixe abaixo seu !

Se você teve problemas com empresacomentários aéreas nos últimos 5 anos, entre em contato com a Liberfly! Veremos como você pode conseguir uma indenização!

Author image

Sobre LiberFly