Os brasileiros não precisam de passaporte para entrar em países do Mercosul. Você pode atravessar as fronteiras apenas com o seu RG.

Ele precisa ser atual, com registro de no máximo dez anos. Se a sua identidade estiver em mal estado, pode ser que não seja aceita.

Vale lembrar que a CNH não é um documento válido nesse caso.

Confira abaixo a lista desses países e conheça um pouco mais sobre cada um deles.

Lista de países em que você consegue entrar com a identidade

1. Chile

O Chile é um país exótico e com muitas belezas naturais. Ele apresenta cenários que vão desde a neve na Cordilheira dos Andes até as terras inóspitas do Deserto do Atacama.

Você encontra também regiões glaciares na Patagônia e até mesmo vulcões ativos, como o Villarrica, o Llaima e o Cabulco.

Os principais centros de esqui estão localizados a apenas uma hora de Santiago do Chile. O Valle Nevado é o centro de esqui mais conhecido e moderno da América Latina.

Você pode ainda fazer um passeio pela neve em Farellones, para se divertir na estação de tobogã e tirolesa.

O centro histórico de Santiago agrega os estilos tradicional e moderno. Há prédios históricos belíssimos que convivem com um clima urbano.

Entre os países em que você consegue entrar com a identidade, há no Chile cidades praianas muito requisitadas, como as de Valparaíso e Viña del Mar. Inclusive, Valparaíso recebeu o título de Patrimônio Mundial pela Unesco em 2003.

São apenas quatro horas de voo, saindo de São Paulo.

O Chile é um país exótico e com muitas belezas naturais.

2. Peru

Quem visita o Peru, certamente não pode deixar de conhecer Machu Picchu. O local é uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno e possui mais de 150 edifícios do século XV dos povos inca.

Acredita-se que o local servia de refúgio para os reis incas e foi abandonado quando houve a colonização espanhola.

Ele se localiza em Aguas Calientes, a 130 km de Cusco. As ruínas do sítio arqueológico são rodeadas por montanhas da Cordilheira dos Andes.

É uma região de difícil acesso que foi “descoberta” em 1911 por um pesquisador americano.

A visitação ao local tem roteiros pré-definidos. Em um dos circuitos você pode subir a Montanha Huayna Picchu e caminhar até a Porta do Sol.

Nos países em que você consegue entrar com a identidade, a única maneira de chegar a Aguas Calientes, no Peru, é por meio de trem ou à pé.

Outro lugar que você precisa conhecer no Peru é a Geleira Pastoruri. Ela faz parte de uma área protegida que fica em uma das montanhas da Cordilheira Blanca, no Nevado Pastoruri.

É um local muito buscado por turistas, bem como as Lagunas de Llaganuco, a Laguna 69 e a Trilha Santa Cruz.

Quem visita o Peru, certamente não pode deixar de conhecer Machu Picchu.

3. Argentina

Buenos Aires é a capital da Argentina, repleta de pontos turísticos que vale muito a pena conhecer.

A Casa Rosada é um prédio elegante que é a sede do poder executivo argentino. Foi lá que Evita Perón proferiu diversos discursos e há visitas guiadas em seu interior nos fins de semana.

Já a Plaza de Mayo é palco histórico de mães que se reúnem até hoje pelo desaparecimento dos filhos durante a ditadura militar.

A Catedral Metropolitana abriga o túmulo do herói argentino, San Martín. Outro ponto interessante é o Obelisco, muito visitado por turistas.

O Teatro Colón também é um atrativo por ser a maior casa de ópera da Argentina. São três andares de sofisticação. A casa faz apresentações de renomados músicos de todo o mundo.

Já as Galerias Pacífico remontam ao fim do século XIX e há diversas lojas e cafés.

A Argentina está entre os países em que você consegue entrar com a identidade e há muito o que explorar em sua capital.

Outro lugar muito interessante para visitar em Buenos Aires é o Puerto Madero. Ele possui uma bela arquitetura, com redes de hotéis e instalações modernas à margem do rio.

Não poderíamos deixar de mencionar também o famoso tango argentino. Em Buenos Aires é possível assistir ao tango em casas de shows e também nas ruas.

Por fim, a belíssima livraria El Ateneo não pode ficar fora. Ela está entre as mais belas do mundo, possui um grande acervo e você se sente no interior de um palácio.

A Casa Rosada é um prédio elegante que é a sede do poder executivo argentino.

4. Uruguai

Montevidéu, a capital do Uruguai, possui centros históricos, praias, museus, feiras, bons restaurantes e também cassinos para quem gosta de se aventurar.

A cidade é conhecida também pela parrilha, pelos alfajores e o doce de leite típico do Uruguai.

As praias de Punta del Este, a pouco mais de 100 km, têm um estilo mais badalado. A praia Brava é conhecida pela escultura na areia Parador de Dedos.

As praias de Punta del Diablo são mais descoladas e frequentadas por surfistas. Elas estão localizadas a cerca de 300 km de Montevidéu, cidade localizada em um dos países em que você consegue entrar com a identidade.

Quem quer conhecer uma cidade histórica, com marcas da colonização portuguesa e espanhola, pode se abrigar na Colônia do Sacramento.

A cidade às margens do Rio Prata é bem charmosa, com ruas de pedra, arquitetura antiga e clima acolhedor.

5. Bolívia

A Bolívia é cercada por belas paisagens como desertos, vulcões e montanhas nevadas, além de abrigar o lago mais alto do mundo.

O Parque Nacional Sajama possui cenários naturais esplêndidos, envoltos por montanhas, águas termais e rica fauna e flora. Lá está o vulcão Sajama, o de maior altitude no país.

Outro local que você pode incluir no seu roteiro é o Lago Titicaca. Ele é um dos mais extensos do planeta e é também o mais alto para navegação.

A Isla do Sol é banhada por este rio e é um local que abrigava o povo inca. Há uma passagem por escadaria que proporciona uma vista espetacular.

Outro ponto turístico é o Forte de Samaipata, que é patrimônio mundial da Unesco. O local possui riqueza histórica que remonta a civilizações antigas.

Lá está a maior pedra talhada do mundo, com desenhos e inscrições de povos antigos em sua dimensão.

O sítio arqueológico Tiwanaku também apresenta vestígios incas. Nele estão o  Museu Nacional de Arqueologia de Tiwanaku e o Museu Lítico.

Leia também: Guia para viagem internacional: veja como se planejar corretamente!

6. Colômbia

A Colômbia também é um dos países em que você consegue entrar com a identidade. A região é cercada de florestas, praias, montanhas e cidades modernas.

Em Ipiales está um grande atrativo turístico, o Santuário Las Lajas. Trata-se de uma basílica que é local de peregrinação para religiosos.

Já Cali é uma cidade conhecida pela salsa e pela noite agitada. Há também edifícios históricos e museus.

Salento fica a poucas horas do Valle de Cocora. Ideal para quem quer aproveitar um tempo em contato com a natureza, andar a cavalo e visitar plantações de café.

O Valle de Cocora é um parque natural que ostenta paisagens majestosas, com palmeiras que atingem mais de 50 metros de altura.

Também não podemos deixar de citar Bogotá, capital colombiana, que apresenta modernidade e sofisticação.

Medellín também é moderna e cosmopolita, há muitas opções de passeios em parques e museus, sendo o Parque Arví um dos pontos conhecidos.

Por fim, a Cartagena das Índias é o local mais visitado da Colômbia. O centro histórico é cercado por muralhas, onde você pode caminhar ao pôr do sol e ver as águas do Caribe.

Há também as conhecidas Islas del Rosario que você pode incluir em seu roteiro para a Colômbia.

A Colômbia também é um dos países em que você consegue entrar com a identidade.

7. Venezuela

Na lista de países em que você consegue entrar com a identidade também está a Venezuela.

O arquipélago Los Roques é perfeito para relaxar em meio a uma localização paradisíaca no Caribe.

Lá estão as praias mais requisitadas da Venezuela, com belos corais, areias brancas e águas transparentes.

Já os Andes venezuelanos possuem picos que chegam a quatro mil metros de altitude, cercados de vales, lagos e neve em alguns locais.

A cidade tem um teleférico que chega ao Pico do Espelho, o mais alto do mundo, a mais de quatro mil metros de altitude.

O Parque Nacional Canaima também é um ponto turístico com cachoeiras esplendorosas e montanhas achatadas.

O local já foi cenário de filme e é uma reserva que faz parte do patrimônio da humanidade da Unesco.

A Cachoeira Salto Angel é a maior do planeta, com cerca de 1 km de queda, e está localizada nesse parque.

É possível visitar também o Monte Roraima, com falésias e chapadas gigantes, cercadas por nuvens.

8. Equador

Entre os países em que você consegue entrar com a identidade, mencionamos também o Equador.

Na capital, Quito, você pode conhecer o Centro Histórico, que é o maior das Américas e é patrimônio da Unesco. Na cidade também está a famosa linha do Equador.

Nesse país se encontra o vulcão ativo Cotopaxi, que tem o pico nevado a mais de cinco mil metros de altitude. Ele é envolto por belezas naturais que encantam turistas do mundo inteiro.

Nos passeios para visitar o vulcão você pode subir até o topo, se estiver em bandeira verde.

Já a cidade de Baños é um destino para quem curte esportes radicais. Lá está a Rota das Cascatas, onde é possível percorrer os caminhos de várias cachoeiras.

Também no Equador está o Balanço do Fim do Mundo, bem conhecido por ficar em um penhasco alvo de aventureiros. Ele fica em frente a um vulcão ativo.

No Parque Cajas, que é uma reserva ambiental, você visualiza a exuberante paisagem da Cordilheira dos Andes.

Ele fica a uma altitude entre 3 mil e 4 mil metros, com diversas lagoas e trilhas para quem quer contato com a natureza.

O arquipélago de Galápagos é outro local que vale a pena conhecer, devido à preservação de diferentes espécies de animais e plantas.

9. Paraguai

Por fim, nos países em que você consegue entrar com a identidade, o Paraguai também entra na lista.

Na capital, Assunção, vale a pena visitar o Pantheón de los Heroes, monumento aos heróis da Guerra do Paraguai.

A Plaza Uruguai é uma das mais bonitas dessa cidade, com boas áreas verdes para passar o tempo ou para fazer uma caminhada.

Há ainda o Palacio de López, sede do governo paraguaio, um belo edifício construído em meados do século XIX. Ele fica próximo à Baía de Assunção.

Você pode querer conhecer também o Museu da Conmebol se for um amante do futebol. Ele fica na cidade de Luque. Lá estão os troféus dos campeonatos sul-americanos, além de possuir um acervo sobre a história do futebol na região.

É interessante visitar também a avenida Costaneira, na costa do Rio Paraguai, que possui amplos espaços verdes. De lá você chega à praia de Assunção e pode aproveitar para descansar e aproveitar o mar.

Já Loma San Jerónimo é um bairro interessante para conhecer a comida típica e o artesanato. Além disso, há um mirante onde você pode avistar o Rio Paraguai e a região central de Assunção.

Ainda, vale a pena conhecer as ruínas jesuíticas, com vestígios da ocupação e construções de pedra.

O Lago Ypacaraí é um grande lago que abriga o balneário San Bernardino, local de colonização alemã que possui um certo charme.

Vimos então os países em que você consegue entrar com a identidade. Ou seja, sem a necessidade de portar um passaporte. Está pensando em visitar algum país da América Latina? Deixe abaixo seu comentário!

Se você teve problemas com viagens aéreas nos últimos cinco anos, entre em contato com a Liberfly para conseguir uma indenização!

Leia também: 7 dicas infalíveis para você viajar com pouco dinheiro