Buscar destinos para viajar sozinho é uma forma de se sentir livre. Por quê? Para fazer o que quer sem se preocupar com as preferências de outras pessoas.

E isso é mais comum do que se imagina. Muitas pessoas preferem passar por incríveis experiências de forma mais independente.

Às vezes isso acontece também porque os amigos estão sem dinheiro e não poderão acompanhá-lo. Ou porque você vai entrar de férias em uma data improvável e está sem companhia.

Você pode descobrir muito sobre si mesmo quando está só. Então, fazer isso durante uma viagem é uma experiência melhor ainda. É uma sensação de liberdade sem igual. Você pode conhecer novas pessoas e se aventurar bastante!

Veja a seguir as dicas de destinos para a sua viagem solo!

Confira a lista de 5 destinos para viajar sozinho

1. Alemanha

O primeiro entre os destinos para viajar sozinho da lista é a Alemanha. Em especial, Berlim é uma cidade perfeita para quem quer viajar sem companhia. Você terá muitas opções de galerias, exposições e poderá fazer compras em charmosos mercados locais.

O país tem belas paisagens e uma arquitetura encantadora. A gastronomia é muito convidativa.

Se preferir, pode ir de trem para conhecer Stuttgart ou os castelos de Baden-Wüttemberg. Você consegue se comunicar bem em inglês no país, caso não fale alemão.

O país tem belas paisagens e uma arquitetura encantadora. A gastronomia é muito convidativa. Lá existem cerca de 1500 tipos de salsicha, servidos com chucrute e salada de batata, sopas e guisados. Além disso, a cerveja alemã é bem famosa.

Você pode optar também por relaxar em um cruzeiro no Reno e em Maine. Isso desfrutando de paisagens cativantes e vendo castelos no topo das colinas.

Se você gosta de música clássica, há um evento que acontece todos os anos em Leipzig. É em homenagem ao compositor barroco Johann Sebastian Bach. O festival apresenta artistas de alto nível.

Ainda, existe uma feira de livros muito conhecida em Frankfurt, que é a maior do mundo. São mais de 7 mil expositores que representam mais de 100 países.

Ela acontece desde 1476. Portanto, é ideal para os apaixonados por livros que buscam destinos para viajar sozinho.

Um local fora dos grandes centros é Erfurt. Há um núcleo medieval preservado. E é onde se localiza uma das universidades mais antigas da Alemanha onde Lutero estudou no século XVI.

A cidade de Munique, capital da Baviera, é cativante também. Localizada perto dos Alpes, tem arquitetura ornamentada, belos parques e museus. É um excelente lugar para visitar em qualquer época do ano e não apenas na Oktoberfest.

Leia também: Como tirar passaporte

2. Nova Zelândia

O segundo local entre os destinos para viajar sozinho é a Nova Zelândia. Com certeza, é um local conhecido por mochileiros e entusiastas de atividades ao ar livre. Há florestas, cachoeiras, cavernas, geleiras e tudo que existe de inusitado.

O Parque Nacional Abel Tasman possui belas praias. E você pode caminhar entre samambaias gigantes e árvores enormes no clima temperado.

Além das trilhas, há opções de caiaque, onde você conseguirá ver pequenas enseadas e paisagens fantásticas.

Para quem quer caminhar por uma boa geleira,  faça uma visita a  Franz Josef.  Em um passeio de helicóptero combinado com o trekking, você terá lembranças inesquecíveis desse belo lugar.

Já se quer praticar algum esporte radical, não faltam atrativos. Bungee jump a paraquedismo, tirolesas e rafting são alguns exemplos.

Em Tongariro Alpine você pode andar por um trilha que leva a um local onde foi filmado O Senhor dos Anéis. A caminhada tem 19 quilômetros, com alguns pontos íngremes.

Você pode concluir essa travessia em um dia, em no máximo oito horas. O ambiente é sobrenatural, com tons de vermelho e vulcões.

Não deixe de conhecer também a magia de Wellington, que é a capital da Nova Zelândia. A cidade tem um clima eclético e descolado.

A vida noturna é agitada, mas há também galerias de arte, exposições e cafés. Além disso, em Monte Victoria você tem uma vista magnífica de toda a cidade.

É interessante conhecer também o Glow Worms. Trata-se de uma caverna verde e luminosa onde você pode caminhar ou fazer rapel na escuridão. Você pode atravessar o rio enquanto observa as luzes peculiares da caverna. Essas luzes são mosquitos que brilham.

3. Califórnia

O terceiro entre os destinos para viajar sozinho é a Califórnia, nos Estados Unidos. Há muitos motivos para visitar este estado americano. O clima é muito agradável e há diversos locais que vale a pena conhecer.

Todo o estado da Califórnia é praticamente um cartão postal. Há grande diversidade de paisagens, além de centros urbanos e modernos. De São Francisco, ao norte, até Los Angeles, ao sul, você pode se surpreender com tantas possibilidades turísticas!

Entre os parques mais conhecidos da Califórnia estão o Parque Nacional de Yosemite e o Parque Nacional de Redwood, que abriga a sequóia mais alta do mundo.

Você pode caminhar entre as montanhas de South Lake Tahoe e também no local onde está o famoso letreiro Hollywood.

Inclusive, uma opção é fazer tours pelas casas de celebridades ao longo do Hollywood Boulevard. E até se deparar com alguma delas pelo caminho.

Outra dica é conhecer locais de filmagens. Alguns exemplos são o do filmes Star Wars, da sitcom Full House e da série American Horror Story. Você pode ir ao Universal Studios Hollywood e também à Disneylândia se estiver no clima.

Além disso, o estado possui mais de 1,6 mil quilômetros de belas praias. Vale a pena conhecer Venice Beach e Glass Beach. As praias de San Diego também precisam entrar na lista, em especial a Pacific Beach. Coloque no roteiro também Malibu, Santa Monica e Long Beach.

O Vale de Yosemite é esculpido por falésias de granito e é um dos lugares mais bonitos da California. Entre os destinos para viajar sozinho, esse lugar oferece paz e tranquilidade.

Já  Alcatraz é uma antiga ilha na costa norte de São Francisco com uma bela vista do horizonte.

Na baía de Monterrey há o célebre aquário em Cannery Row, que é um dos maiores de água salgada do planeta.

Leia também: Como tirar visto americano

4. Dinamarca

O quarto local entre os destinos para viajar sozinho é a  Dinamarca. É um país belíssimo. Embora pequeno, possui destacada arquitetura, culinária e vida cultural.

Há muitos museus e galerias de arte, que exigem coleções desde a época dos Vikings até a idade contemporânea.

O ARoS Aarhus Art Museum  é conhecido pela instalação moderna no teto. E há outros museus importantes como Ny Carlsberg Glyptotek , Kunsten e Thorvaldsens.

Ainda, você pode visitar palácios e castelos deslumbrantes. Inclusive, a peça Hamlet, de William Shakespeare, foi inspirada em um castelo renascentista da Dinamarca, o Kronborg.

O país também é favorável às bicicletas. É um ótimo local para pedalar no que se refere à infraestrutura. Há longas ciclovias especialmente projetadas para quem quer se locomover facilmente. Você pode conhecer diversos pontos turísticos de bicicleta.

Vale destacar também a comida dinamarquesa. O país tem inovado na gastronomia molecular e possui vários restaurantes com estrelas Michelin. Um bastante conhecido no mundo é o Noma.

Na Dinamarca há muitos festivais de música, principalmente no verão, como o NorthSide, o Nibe Festival e o Roskilde Music Festival , um dos maiores da Europa. Em muitas cidades você encontra bares de jazz e concertos de música.

Outros pontos interessantes são as praias dinamarquesas. O país tem mais de 7,3 mil quilômetros de costa litorânea. Algumas das praias mais populares são Søndervig, Tisvildeleje, Blåvand, Blokhus e Hornbæk.

Por fim, existe um termo dinamarquês denominado “hygee”. Ele se refere a aproveitar pequenos e bons momentos de felicidade em alguma hora do dia.

Pode ser tomar um chocolate quente em frente à lareira, ler um livro no parque ou acampar na praia. A ideia é dissipar o tédio e a tristeza.

5. Tailândia

O quinto lugar entre os destinos para viajar sozinho é a Tailândia. Este belo país do sudeste asiático traz excelentes experiências turísticas, gastronômicas e culturais para qualquer viajante.

O clima é muito propício a momentos na praias, que são um ponto alto também da sua viagem.

Chiang Mai é um local mais tranquilo que Bangkok, por exemplo, onde você pode desfrutar de belas cachoeiras, florestas tropicais e centros comerciais típicos do país.

A comida certamente é instigante e está entre os grandes chamarizes do país. A gastronomia tailandesa é deliciosa, especialmente a comida de rua, que é bem conhecida entre os turistas.

As pessoas também são muito receptivas, mesmo que você não fale tailandês. Eles são amigáveis e hospitaleiros.

O clima é muito propício a momentos na praias, que são um ponto alto também da sua viagem. Há alternativas de mergulho interessantes, alguns bem famosos em todo o mundo. Por exemplo, Koh Tao, as Ilhas Surin, Koh Chang e Chumphon.

Outro fator bem conhecido para quem visita o país é a espiritualidade. Há mais de 40 mil templos budistas de arquitetura imponente. Eles chamam a atenção dos visitantes devido à arquitetura característica.

Os mercados atraem muitas pessoas que buscam pelos mais diversos artefatos. Desde comida, artesanato a antiguidades, você encontrará muitos tesouros nos mercados tailandeses.

Conhecer a capital Bangkok é muito interessante e é também um dos destinos para viajar sozinho. A cidade abriga mais de 8 milhões de pessoas, com bairros de luzes vermelhas, museus, parques e muitos atrativos turísticos.

Vale a pena conhecer também o Parque Nacional Khao Yai, que é lar de tigres e javalis.

O que achou das dicas de viagem? Deixe abaixo este comentário e compartilhe este post com outras pessoas!

Se você teve algum problema com companhias aéreas nos últimos cinco anos, entre em contato com a Liberffly. É a forma mais prática de você conseguir uma indenização!