O que é skiplagging?

Quem viaja muito sempre procura maneiras de economizar no momento da compra uma passagem aérea, não é verdade? Sabendo disso, você sabe o que é skiplagging?

Talvez já tenha notado que voos diretos costumam ser mais caros que os de conexão. Nesse sentido, os voos com escala são uma opção para quem deseja gastar menos. E eles são utilizados também na busca de “cidades ocultas” com o skiplagging.

Mas o que isso significa? Certamente, os viajantes experientes buscam esse método “criativo” de burlar o sistema e conseguir pagar menos pelo voo. Para saber do que se trata, continue lendo!

Entenda o que é skiplagging

O termo “skiplagging” recebeu esse nome devido ao Skiplagged, um site especializado em encontrar tarifas baratas para viajantes que desejam ter economias em suas passagens às custas das companhias aéreas.

O Skiplagged foi criado por Aktarer Zaman, que reside nos Estados Unidos e tinha apenas 20 anos quando fundou o site.

Para os viajantes que desejam economizar na viagem e saber o que é skiplagging, funciona da seguinte forma.

Por exemplo, suponha que um voo de Istambul para Londres tenha um custo maior que um voo de Istambul para Glasgow via Londres.

Voar de  Istambul para Londres pode ter mais procura que um voo de Istambul para Glasgow. Então, a companhia aérea vende passagens a um preço mais baixo nesse último caso para preencher o voo.

Porém, os passageiros que desejam burlar o sistema compram uma passagem para Glasgow e abandonam o voo assim que chegam a Londres, pelo fato de a passagem ser mais barata com destino em Glasgow do que um voo com destino em Londres.

No entanto, as companhias aéreas não apreciam essa prática de “voo oculto”, uma vez que perdem ganhos potenciais.

Ou seja, o custo foi menor para o passageiro e elas não podem vender o assento vazio que restou no trajeto de Londres para Glasgow, no caso do exemplo citado.

Além disso, as empresas aéreas podem acabar atrasando a partida do voo ao esperar um passageiro que não retornará.

Então, agora você já sabe o que é skiplagging, Mas o que acontece se eu descer na conexão? Já houve casos em que empresas aéreas processaram viajantes que adotaram esse método de conseguir um esquema de passagens aéreas baratas.

Leia também: Como funciona quando a passagem é comprada por uma intermediadora?

Pode descer na escala? O skiplagging é ilegal?

Segundo a Anac, não existe regulamentação para essa prática. Além disso, a Infraero entende que não é possível impedir que os viajantes desçam em um local que seja a escala.

Portanto, não há uma lei específica que proíba o skiplagging. Embora as companhias aéreas discordem, significa que não há impedimentos legais para que o passageiro desça em uma escala antes que o voo chegue ao destino final.

Vale lembrar de um caso emblemático, que foi o da Lufthansa, em 2019, quando a companhia entrou com uma ação contra um passageiro, solicitando uma indenização em torno de 2 mil dólares, mas ela perdeu a ação em primeira instância.

Ainda, ao entender o que é skiplagging, de acordo com o site Skiplagged, essa prática é legal.

Porém, o próprio site recomenda que não se exagere. Em outras palavras, deve-se evitar fazer sempre a mesma rota para descer na escala e evitar voar sempre pela mesma empresa aérea com essa tática.

Além disso, para se precaver, ao comprar uma passagem verifique no contrato da companhia se há alguma proibição nesse sentido.

O que é skiplagging: O que você precisa considerar antes de praticá-lo

Já vimos que, legalmente, é possível sair do aeroporto durante a conexão. Mas o que é preciso considerar?

Antes de tudo, é interessante lembrar que a pessoa que faz skiplagging e opta por não chegar ao destino final precisa viajar sem bagagens. O motivo é que você não pode retirar as malas na escala.

Outro cuidado que você deve ter é o de não usar milhas para fazer a compra do bilhete, uma vez que há o risco de a empresa aérea acabar invalidando as suas milhas já adquiridas caso desconfie que você está burlando o sistema.

Além disso, para saber mais sobre o que é skiplagging, um risco que se corre é que a escala pode ser alterada no trajeto, devido ao mau tempo, por exemplo. Isso acontece com pouca frequência, em torno de 2% dos voos.

Se isso ocorrer, você não chegará ao seu destino e terá um gasto maior para retornar ao local da escala.

Ainda, você precisa verificar se no destino final é exigido visto ou passaporte, mesmo que não tenha a intenção de embarcar lá. A razão é que a empresa aérea costuma solicitar o visto tendo como referência o destino final.

Por que voo com escala é mais barato?

Para a definição dos preços das passagens, as empresas aéreas levam em conta a oferta e a demanda.

Se a oferta for maior que a demanda, o preço da passagem cai. Por outro lado, se a oferta for menor que a demanda, o preço do bilhete sobe.

É por isso que os voos com escalas costumam ser mais baratos, pois as demanda é maior em voos diretos, pois as pessoas preferem não ter que passar horas no aeroporto na conexão antes de chegar ao destino.

Logo, o preço dos voos diretos tendem a ser mais caros. Porém, os voos diretos também podem ter preços menores que os voos de conexão, quando operados por companhias aéreas de baixo custo. E, também, se o bilhete for adquirido com cerca de 2 meses de antecedência.

Vimos então o que é skiplagging. Confira a seguir outras formas de economizar ao comprar uma passagem aérea.

Como saber se uma passagem está cara?

Para encontrar os melhores preços de bilhetes aéreos, existem diversos sites e aplicativos que você pode usar para encontrar uma passagem aérea barata.

Dessa forma, você poderá verificar em tempo real todas as opções possíveis para sua viagem.

É possível comparar diferentes preços, datas e horários de voos ou fazer uma reserva diretamente na plataforma, o que pode ser feito no Google Flights, por exemplo.

Basta acessar a página dedicada aos voos dos sites e utilizar os campos do formulário para fazer uma busca de acordo com suas preferências.

Especifique o número de pessoas para as quais deseja fazer a reserva, utilize os campos de locais de partida e destino e inclua as datas de partida e retorno na pesquisa.

Essas plataformas também têm a opção de enviar alertas de preços para o seu e-mail, por exemplo, caso você configure essa opção.

Então, além de saber o que é skiplagging, você também já conhece outras opções de encontrar voos baratos, caso não possa viajar sem bagagem, por exemplo, ou não queira correr riscos de ser pego pelas companhias aéreas.

Quais são os dias em que as passagens aéreas são mais baratas?

O meio da semana é o melhor momento para reservar sua passagem de avião. Para economizar o máximo possível, planeje fazer sua compra na terça ou na quarta. Porém, essa é apenas uma estimativa.

Existem muitas oscilações na definição dos preços de bilhetes aéreos e pode ser que você encontre outros dias com voos mais baratos.

Qual é o melhor horário para comprar passagens aéreas?

Há casos em que as passagens aéreas ficam mais baratas das 0h às 6h, pois surgem algumas promoções nesse intervalo de tempo.

Mas é claro que, quanto antes você reservar o bilhete, maior a probabilidade de obter uma passagem aérea com preços mais razoáveis. Isto é especialmente verdade para voos de longo curso.

Já sei o que é skiplagging. Mas devo esperar quantos dias antes comprar passagem aérea?

Se você quer economizar, o ideal é reservar a passagem com 2 a 6 meses de antecedência.

Além disso, nos bilhetes aéreos com destino a outros países, você consegue também adquirir sua passagem com uma antecedência ainda maior que nos voos nacionais.

E é interessante mencionar que, durante a pandemia, caso você decidisse comprar um voo com antecedência e ele fosse cancelado por algum motivo que você não poderia prever, era possível usar créditos de viagem durante 12 meses.

Mas, a partir de janeiro de 2022, o que vale são as condições estabelecidas no momento da compra.

Além disso, na pandemia o reembolso da passagem havia sido postergado para o período de 12 meses. Agora, volta o prazo de 7 dias para reembolso com o fim da lei 14.034/20, que estabelecia regras para companhias aéreas devido à Covid-19.

Vale lembrar também que voltam a valer multas para passageiros que cancelam passagens.

Por fim, vimos o que é skiplagging e outras alternativas para que você economize comprando bilhetes aéreos por um preço menor em seu planejamento de viagens.

Se você teve problemas com companhias aéreas nos últimos 5 anos, entre em contato com a Liberfly!

Somos uma empresa especializada em Direitos do Consumidor e assumimos os riscos do processo para que você seja indenizado em apenas 48 horas.

Deixe o seu comentário e não se esqueça também de compartilhar este artigo com seus amigos e familiares!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.