Você sabia que existem muitos mitos sobre nome sujo devido a um certo desconhecimento sobre o que acontece com nome negativado?

Então, não se preocupe porque neste post vamos explicar tudo sobre este tema.

Ter o nome negativado é algo que afeta muitos brasileiros. Apesar disso, os consumidores ainda possuem direitos que devem ser respeitados, mesmo se forem inadimplentes.

Para entender que mitos são esses, acompanhe a leitura!

Conheça os principais mitos sobre nome sujo

O credor pode fazer cobranças insistentes por telefone

Mito. Já imaginou se você tem uma dívida e o credor te liga todos os dias ou expõe sua situação para pessoas que você conhece de modo a ferir sua privacidade? Pois é. Embora isso possa acontecer, não é permitido pelas normas legais.

O Código de Defesa do Consumidor prevê que ligar ou mandar mensagens com muita frequência para o devedor é uma cobrança abusiva. Isso vale para quaisquer situações que venham a constranger o devedor.

A empresa pode, inclusive, ser denunciada na Justiça ou no Procon se isso ocorrer. A cobrança em si da dívida não é ilegal, mas ela precisa ser moderada e amigável.

Além disso, não é permitido que o credor entre em contato com você fora do horário comercial.

Portanto, se acontecer esse tipo de constrangimento, você precisa buscar seus direitos.

A dívida precisa ser completamente paga para o nome ficar limpo

Mito. Entre os mitos sobre nome sujo, essa é uma dúvida muito comum das pessoas.

Afinal, é normal acreditar que você precise quitar toda a dívida para voltar a ter o nome limpo. Mas não é bem assim que acontece.

Ao fazer a negociação de uma dívida, o devedor deixa de ter o nome sujo após o pagamento da primeira parcela.

É preciso que o consumidor assine um documento sobre os termos da negociação. Então, quando você paga a primeira parcela o nome não constará mais como inadimplente.

Com isso, a dívida é extinta e surge uma nova dívida. Logo, se o nome não deixar de constar nos cadastros negativos, você pode pedir uma indenização por negativação indevida.

Essa situação é mais comum do que imaginamos. Se seu nome continua no Serasa ou SPC, provavelmente houve um erro da empresa que não retirou seu nome depois de pagar a primeira parcela da renegociação.

Vale lembrar que, para quem possui alguma dívida, o ideal é buscar uma negociação o quanto antes.

Isso evita acúmulo de juros e outros empecilhos que surgem no mercado quando o nome fica sujo.

Você pode fazer a negociação da dívida diretamente com a empresa ou fazer a intermediação com os órgãos de proteção ao crédito, como SPC, Serasa e Boa Vista SCPC.

Conheça mais mitos sobre nome sujo!

O devedor com nome sujo não pode usar cartão de crédito

Mito. Como fica o uso do cartão de crédito? Embora seja verdade que você possa ter dificuldades em adquirir um novo cartão de crédito se estiver com o nome sujo, se você já tem um cartão de crédito pode ainda utilizá-lo.

Isso acontece porque o banco não pode simplesmente interromper um serviço já contratado nem alterar as regras do contrato sem avisar o cliente.

Porém, se você está com nome sujo, tenha cuidado ao usar o cartão de crédito, para não se endividar em excesso.

Quem tem nome sujo não consegue pagar contas no débito automático

Mito. Será que eu consigo pagar contas no débito automático com nome sujo? Sim, não existe nenhum impedimento para isso.

Entre os mitos sobre nome sujo, este é bem interessante. Até porque pagar faturas por esse método de pagamento é uma forma de evitar que haja novas dívidas.

Logo, é um bom sinal se você agenda suas contas para fazer o pagamento. Você pode usar esse serviço sem nenhum problema.

Mitos sobre nome sujo: eliminação em concurso público

Você prestou algum concurso público e, então, descobriu que está com o nome negativado? O que acontece? Você pode ser eliminado?

Esse é também um dos mitos sobre nome sujo. As bancas examinadoras nem os organizadores do concurso podem eliminar um candidato com nome negativado.

Porém, há exceções. Nos setores bancário e financeiro, por exemplo, costuma haver restrições.

Ou seja, seu nome precisa estar limpo para ser aprovado no Banco Central, BNDES, Casa da Moeda, entre outros desse segmento.

Não pode tirar passaporte com nome sujo

Mito. Caso você esteja planejando uma viagem a trabalho ou nas suas férias, pode surgir a dúvida se você pode tirar o passaporte com o nome negativado.

Este também é um caso que está na lista de mitos sobre nome sujo.A verdade é que você pode tirar sem problemas e não terá impedimentos para adquirir o passaporte. O mesmo vale para visto no exterior.

É uma boa notícia, não é? Principalmente se você precisar fazer uma viagem a trabalho e não puder cancelar compromissos.

Mitos sobre nome sujo: o nome fica negativado para sempre

Mito. Seria um verdadeiro fardo se o nome ficasse para sempre negativado, não é mesmo? Felizmente, não é isso o que acontece.

Depois de 5 anos, na maioria dos casos de contas comuns o nome deixa de constar nos órgãos de proteção ao crédito.

Porém, há alguns tipos de dívidas que possuem prazos maiores para prescrever. Mas nenhuma dívida deixa o nome sujo para sempre.

Portanto, depois de 5 anos você já pode conferir se seu nome deixou de constar nos cadastros negativados. Se sua dívida prescreve nesse período e o nome continuar sujo, você pode ser indenizado por negativação indevida.

Vale lembrar também que depois que você faz o pagamento, seu nome precisa ficar limpo no prazo de 5 dias. Caso contrário, trata-se de danos morais.

Dívida de outra pessoa em seu nome gera negativação indevida

Mito. Mais um caso na lista de mitos sobre nome sujo!

Suponha que você tenha emprestado seu cartão de crédito para alguém e a pessoa não pagou para você o valor, levando à negativação do seu nome.

Nesse caso, mesmo a dívida sendo de outra pessoa, seu nome ficará sujo nos órgãos de proteção ao crédito. Afinal, a fatura foi gerada em seu nome.

Inclusive, a empresa ou o credor não podem fazer a cobrança a outra pessoa, pois a valor a pagar está em seu nome.

Portanto, tenha sempre cuidado antes de emprestar o cartão para alguém, pois isso é algo muito pessoal, concorda?

Dessa forma, você evita complicações futuras devido ao não comprometimento de outra pessoa.

Se eu limpar o nome, meu crédito não pode ser negado

Mito. É natural que imaginemos que após limparmos o nome não teremos mais nenhum problema em conseguir crédito.

Porém, vamos entender o que acontece na prática. Mesmo que seu CPF não conste mais como negativado, as instituições bancárias podem, ainda assim, negar a permissão de um financiamento ou um empréstimo.

Qual o motivo disso? A razão é que há uma análise também do seu Score, que é uma pontuação de crédito. Ela funciona como um termômetro de sua situação enquanto bom ou mau pagador.

Em outras palavras, a pontuação do Score indica se o consumidor é ou não confiável no mercado.

Quando o nome fica sujo em algum período, essa pontuação de Score pode ficar mais baixa.

No entanto, ao longo do tempo, se você se mantiver pagando as contas em dia, a nota volta a subir. Então, não terá empecilhos para conseguir crédito no mercado.

Portanto, este também é um dos mitos sobre nome sujo.

O que fazer em caso de negativação indevida do nome?

O nome negativado acontece quando seu nome passa a constar nos órgãos de proteção ao crédito pelo não pagamento de uma dívida.

Porém, acontecem também casos de negativação indevida. Ou seja, você não tem nenhuma dívida e seu nome foi registrado no Serasa ou no SPC devido a um erro, que traz muitas consequências negativas para sua vida financeira.

Veja alguns motivos para que haja negativação indevida:

-> A dívida não existe (por exemplo, devido a cartão clonado ou fatura de serviço cancelado).

-> A dívida já foi paga.

-> Já houve prescrição da dívida.

-> Houve uma cobrança por serviço que você não solicitou.

Logo, quais são os prejuízos do consumidor ao ter nome sujo indevidamente?

Diversas limitações podem surgir com esse problema. As mais comuns são:

-> Conseguir fechar um contrato de aluguel.

-> Fazer um financiamento de imóvel ou móvel.

-> Conseguir um novo cartão de crédito.

-> Solicitar empréstimo.

-> Fazer compras no crediário.

Como já vimos alguns mitos sobre nome sujo, é interessante saber mais sobre essas situações também.

Já imaginou se você quer realizar o sonho da casa própria e, de uma hora para outra, você descobre que não poderá fazer o financiamento porque seu nome foi negativado indevidamente?

Ou, ainda, você deseja comprar um carro e seu nome ficou sujo de forma indevida?

E, mesmo para compras mais corriqueiras, como algum item que você queira parcelar no crediário, é algum que causa estresse e, também, uma situação injusta, concorda?

Por isso, você pode ser indenizado pelos danos morais que essa situação acarreta, por infringir os direitos dos consumidores.

Então, para ser indenizado por este problema, existe uma solução prática, rápida e simples.

Diferentemente dos meios tradicionais, nos quais você pode demorar anos para receber na Justiça, com a Liberfly você consegue ser indenizado em até 48 horas.

Você sabia disso? Basta preencher o formulário em nosso site e para avaliarmos o seu caso de modo gratuito.

Temos um grande número de clientes satisfeitos e podemos garantir que você será ressarcido no menor tempo possível!

Espero que agora você já saiba tudo a respeito de mitos sobre nome sujo e que conheça seus direitos para reivindicá-los!