Ter nome sujo mesmo sem reconhecer aquela dívida é uma situação que acontece com muitos consumidores. Então, você já pagou a dívida e o seu nome ainda está negativado?

Isso significa que o detentor da dívida é considerado mau pagador. Como consequência, há várias implicações na vida financeira do consumidor, além do estresse devido a um erro da empresa ou de uma situação injusta.

Por isso, quem passa por essa situação pode ser indenizado por danos morais. Logo, se esse é o seu caso, você pode exigir seus direitos.

Ou seja, além de ter o nome limpo, você poderá pedir uma indenização pelo transtorno.

Para entender como proceder, acompanhe a leitura!

O que é nome negativado?

Vamos entender primeiro o que é nome negativado. Quando uma pessoa fica com o nome sujo isso quer dizer que o consumidor contraiu uma dívida e está inadimplente.

Em outras palavras, ele não pagou o valor devido até a data do vencimento. Como resultado, o nome foi inserido como negativado nos órgãos de proteção ao crédito.

Esses órgãos são, por exemplo, SPC, Serasa e SCPC.

Se acontece essa restrição no nome, o consumidor pode ter diversas dificuldades na vida financeira. Em especial, para conseguir crédito no mercado.

O motivo é que um dos parâmetros utilizados por instituições financeiras para avaliar o crédito é se o nome está limpo.

Então, se a empresa perceber que seu nome está negativado, a sua solicitação não será aceita.

Mas o que fazer se você  pagou a dívida e o seu nome ainda está negativado? Entenda essa questão no próximo tópico!

Quando acontece nome negativado indevidamente?

Dívida inexistente

Às vezes, pode acontecer um erro em que há uma cobrança por uma dívida inexistente. Há casos em que o serviço nem mesmo foi contratado e existe uma cobrança indevida.

Imagine a seguinte situação. Você cancelou, por exemplo, um serviço de internet e as faturas continuam chegando na sua casa. E, para piorar, seu nome ficou sujo porque você não pagou essas faturas. Inconveniente, não é mesmo?

Não apenas isso, trata-se de cobrança indevida se não houve infração às previsões do contrato.

Falta de comunicação antecipada

Segundo o Código de Defesa do Consumidor, o cliente deve ser avisado de que o nome será negativado.

Portanto, se não houver essa notificação, significa que o nome foi negativado indevidamente.

Pagou a dívida e o nome ainda está negativado

Quando isso acontece, o consumidor já quitou o débito e, portanto, não deveria constar como inadimplente.

É interessante lembrar que o prazo para que o nome seja retirado dos órgãos de proteção ao crédito após o pagamento da dívida é de 5 dias úteis.

Então, se você  pagou a dívida e o seu nome ainda está negativado, pode buscar os seus direitos.

5 anos após o vencimento da dívida

Após 5 anos, a dívida prescreve na maior parte dos casos e, portanto, o nome não pode mais constar nos cadastros negativados.

Então, a empresa não poderá fazer mais a cobrança na justiça e, então, o nome precisa deixar de constar no Serasa, SPC e SCPC.

Se o nome continuar sujo após a prescrição da dívida, trata-se de uma situação de nome negativado indevidamente.

Permanência do nome negativado após acordo

No caso de haver um acordo para parcelar a dívida, o nome precisa deixar de constar como negativado.

Mas em que momento isso deve ocorrer? Assim que o consumidor pagar a primeira parcela.

Cheque sem fundo

Quando o consumidor emite um cheque sem fundo, o nome passa a constar no Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundos (CCF).

Para isso, as instituições financeiras precisam fazer uma comunicação ao devedor. Porém, pode acontecer de o Serasa ou o SCPC registrarem o nome indevidamente de cheques sem fundo.

Quais as consequências de ter o nome negativado mesmo após pagar a dívida?

Quem está com o nome sujo, mesmo se você já pagou a dívida e o seu nome ainda está negativado, poderá enfrentar dificuldades para:

->  conseguir abrir uma conta bancária;

->  obter cartões de crédito;

->  pedir empréstimos;

->  contratar serviço de telefonia;

->  comprar no crediário;

->  fazer financiamento de bens móveis ou imóveis;

->  participar de consórcios;

->  fechar contratos com prestadores de serviços;

->  conseguir visto de entrada em certos países;

Entre as dívidas mais comuns que levam à negativação do nome, podemos mencionar, por exemplo, as faturas vencidas de água, internet e telefone.

Isso também ocorre com frequência para empréstimos, carnês de lojas, cheques sem fundo e impostos que não foram pagos devidamente.

Por outro lado, sempre que um nome é negativado, as empresas devem avisar o cliente a respeito das dívidas pendentes. Essa é uma previsão legal.

Dessa forma, o consumidor terá a oportunidade de pagar a dívida antes que o nome fique sujo.

Entenda o que fazer se você pagou a dívida e seu nome ainda está negativado

Entre em contato com a empresa

Se você pagou a dívida e o seu nome ainda está negativado, não necessariamente você precisa entrar com uma ação judicial.

Antes, procure a empresa que negativou o nome e a informe sobre o erro, pois você já pagou a dívida.

E o que fazer se esse contato não surtir efeito? Veja o próximo passo!

Procure o Procon se você  pagou a dívida e o seu nome ainda está negativado

Primeiro, você pode tentar fazer uma reclamação do consumidor.gov.

Se após tentar essa opção ou se o contato com a empresa não adiantarem, você pode procurar o Procon, por exemplo.

Dessa forma, você faz um requerimento explicando que não possui mais aquela dívida.

Além disso, informe ao Procon quando ocorreu a negativação e se você continua ainda recebendo cobranças indevidas.

Se o Procon resolver, seu nome não ficará mais sujo. Porém, caso esteja demorando para o Procon solucionar e você ainda esteja com o nome sujo, há outra forma mais rápida de resolver o problema.

Confira a seguir!

Solicitar indenização

Você pode pedir uma indenização se você  pagou a dívida e o seu nome ainda está negativado.

Nesse caso, em vez de optar por uma solução judicial, que é mais demorada, você pode entrar em contato com a Liberfly e receber uma indenização em até 48 horas.

Basta entrar no site da Liberfly, registrar seus dados em poucos minutos para avaliarmos o seu caso.

A Liberfly trabalha com os melhores especialistas do mercado em Direito do Consumidor. A sua demanda será atendida de forma bastante rápida!

Paguei a dívida e meu nome ainda está negativado: como comprovar?

Para comprar a negativação indevida, você precisa entrar no site do Serasa para confirmar que o nome está sujo. Em outras palavras, para ver se há dívidas pendentes em seu CPF.

Se não houver nenhuma pendência registrada lá, significa que o seu nome está limpo.

Porém, pode acontecer de o nome estar limpo e aparecerem contas atrasadas com possibilidade de negociação.

Por outro lado, se o CPF estiver negativado, você precisa acessar a opção “Dívidas negativadas”.

Portanto, para a prova de que você  pagou a dívida e o seu nome ainda está negativado seja válida, você precisa fazer um print da tela com as seguintes informações:

->  Dados da empresa que negativou o seu nome, incluindo o CNPJ.

->  Valor cobrado na dívida.

->  Data da dívida.

-> Contrato com a empresa.

Então, além dessas informações, você pode utilizar também como provas trocas de e-mails ou de mensagens com a empresa.

Desse modo, pode pedir indenização por danos morais se você não reconhece o valor cobrado pelos seguintes motivos:

->  Você já fez o pagamento da dívida ou da negociação.

->  Não houve contratação do serviço.

->  Houve cancelamento do contrato com a empresa.

->  A dívida prescreveu após 5 anos.

Após você comprovar que pagou a dívida e o nome ainda está negativado, você terá o direito de retirar as restrições ao nome imediatamente.

Como evitar nome negativado

Tenha planejamento financeiro

Ter um planejamento financeiro permite que você controle melhor os seus gastos. E, consequentemente, contraia menos dívidas.

Desse modo, você impede que as contas saiam do controle e que seu nome fique negativado.

Logo, saber qual é a média de gastos que você tem durante o mês e não ultrapassá-lo é a principal medida para organizar as suas finanças.

É claro que este não é o caso para quem pagou a dívida e o seu nome ainda está negativado. Contudo, o planejamento é algo que vale para quaisquer consumidores.

Não gaste mais do que pode pagar

Isso parece até óbvio, não é? Mas nem sempre é assim. Muitas pessoas acabam se endividando porque fazem compras por impulso sem se preocupar com a fatura que vai chegar.

Então, ter as contas no papel ajuda bastante a ter controle sobre esses impulsos.

Controle as datas de vencimento

Saber exatamente qual é a data de vencimento de cada conta é essencial para não ficar no vermelho.

Portanto, se você tem muitas contas a pagar, tenha uma agenda, uma planilha ou utilize um aplicativo de planejamento financeiro.

Dessa forma, você evita que as contas atrasem porque esqueceu de pagar.

Ative o débito automático

Essa é uma maneira prática de garantir que suas dívidas serão pagas em dia. Ao ativar a opção de débito automático, você não precisa mais se preocupar com aquela dívida. Afinal, ela será paga na data que você programou.

Conseguimos responder às suas dúvidas do que você deve fazer se  pagou a dívida e o seu nome ainda está negativado?

Se tiver alguma dúvida, entre em contato com a Liberfly!