Viagem para Idosos: 12 Destinos Nacionais e Internacionais!

Quem mora com um membro da terceira idade com certeza já se perguntou como elaborar uma viagem para idosos.

Afinal, o corpo já não é mais o mesmo, nem a resistência, então é preciso se planejar bem para escolher o destino certo para garantir diversão a todos os envolvidos na viagem.

Por esse motivo, hoje a LiberFly vai te mostrar algumas vantagens de viajar com idosos, dicas de como planejar a viagem e os melhores destinos nacionais e internacionais. Boa leitura!

Viagens para idosos: quais as vantagens?

Nunca é tarde para aproveitar a vida com mais leveza e bons momentos, não é? E para isso, nada melhor do que viajar, conhecer novos lugares e viver novas experiências!

Para responder quais as vantagens sobre viagens para idosos, podemos partir de duas perspectivas:

  • os benefícios para quem está viajando;
  • os benefícios de escolher um local apropriado para que esse público consiga aproveitar ao máximo o turismo, os restaurantes e as atividades do destino.

Para os passageiros, isto é, para os idosos que estão embarcando na viagem, as principais vantagens são proporção de bem-estar físico e emocional, autoconfiança, criatividade, melhora da memória, realização de sonhos e a integração social ao conhecer novas pessoas ou estreitar laços antigos.

No caso dos idosos aposentados, é uma ótima maneira de manter a mente e o tempo livre ocupados da melhor forma.

Ao conhecer novos lugares, o idoso pode acabar descobrindo novos interesses e hobbies, além de voltar com muitas histórias para contar.

Do ponto de vista financeiro, também existe a vantagem de aproveitar descontos especiais.

De acordo com o próprio Estatuto do Idoso, ao chegar à terceira idade, os idosos podem aproveitar do uso de embarcações, trens e ônibus com desconto ou até mesmo passagem gratuita.

Também podemos destacar os direitos de preferência no embarque e assentos preferenciais, que podem deixar o trajeto ainda mais confortável.

Nos destinos, também é possível conferir a possibilidade de pagamento de meia-entrada para shows, cinemas, museus e peças de teatro.

Por fim, outra vantagem é justamente usar o tempo livre ao seu favor. Já que o idoso não precisa ficar refém das férias do trabalho para viajar, ele pode escolher datas fora de temporada para curtir seus destinos dos sonhos.

Além de passagens mais baratas, há a vantagem de não ter que enfrentar muitas filas e pontos turísticos muito lotados por conta da alta procura da data.

Como planejar viagem para idosos?

Para que a viagem com o idoso seja segura e de fato benéfica para ele, é preciso se atentar a alguns detalhes, como escolher passeios adequados, levantar todos os documentos necessários e montar um cronograma de atividades.

Confira a seguir algumas dicas de como planejar uma viagem para idosos:

Converse com o idoso antes de viajar

Antes de tudo, é preciso deixar claro aqui que é fundamental que você inclua o seu familiar desde o início na decisão de qual destino vocês irão escolher.

Consulte-o para ver quais destinos despertam mais interesse e tente chegar a um acordo com o idoso sobre essa questão.

Apesar da convivência já te dar boas pistas sobre os gostos e preferências do seu familiar, tudo pode mudar se você consultá-lo antes.

Aquele destino que antes fazia brilhar os olhos agora pode causar medo e apreensão.

Portanto, tente se colocar no lugar do idoso, entender o seu ponto de vista e encontrar um ponto de equilíbrio entre o desejo dele e o seu e da sua família.

Consulte os profissionais de saúde antes de viajar

A terceira idade é um período delicado da vida, em que mesmo coisas simples, como uma viagem, podem apresentar riscos de saúde.

Portanto, converse com os médicos do seu familiar, pois eles poderão te ajudar a decidir se é arriscado fazer viagens longas de carro ou de avião, ou ir para lugares distantes de centros que tenham um melhor atendimento de emergência.

Além disso, fisioterapeutas podem te ajudar a se informar sobre a tolerância do seu familiar para fazer caminhadas, qual é o melhor dispositivo para andar e sobre quais precauções tomar para evitar quedas.

Caso o seu familiar possua algum tipo de restrição alimentar, um nutricionista pode te ajudar a elaborar cardápios fáceis.

Também tenha em mãos todas as prescrições medicamentosas recentes e, se for viajar para fora do país, peça uma receita em inglês e um relatório médico com os problemas de saúde do seu familiar.

Por fim, carregue sempre com você o nome genérico dos medicamentos e as respectivas dosagens para casos de emergência.

Consulte as condições de acessibilidade

Caso o seu familiar tenha dificuldades para andar, é preciso consultar antes se os locais que vocês querem visitar tem condições de acessibilidade adequadas.

Diversas cidades históricas não permitem o trânsito de carros pelo centro ou as ruas são paralelepípedos que dificultam a locomoção.

Se os seus planos envolverem andar bastante a pé, pode ser que o seu familiar não de conta, portanto, cheque antes qual será a melhor forma de locomoção e estime as distâncias.

Em diversos destinos, é possível alugar cadeiras de rodas e até mesmo scooters, o que vai facilitar o trânsito do idoso no destino.

Caso você decida alugar um carro ou ir em uma viagem com uma agência de turismo que se desloca em ônibus, cheque antes se existe espaço para levar cadeiras de rodas ou andadores e se o ônibus em questão é acessível.

Também é importante se lembrar de sempre incluir no roteiro locais que tenham banheiros acessíveis e hotéis com quartos para pessoas com necessidades especiais.

Separe todos os documentos necessários

Essa dica vale para os viajantes de todas as idades.

Confira com antecedência a validade do passaporte e verifique se existe a necessidade de vistos ou vacinas para entrar no país destino.

Diversos países exigem um passaporte com validade de, no mínimo, 6 meses antes de liberar a entrada, então certifique-se com antecedência.

Prepare as finanças antecipadamente

Imprevistos são quase que uma regra em viagens e, normalmente, ocasionam em gastos que não estavam planejados.

Portanto, faça uma poupança mensal em dólares (ou euros) para evitar possíveis flutuações bruscas do real.

Faça cotações e troque a moeda em casas de câmbio sempre que possível.

Outra forma de evitar esse tipo de imprevisto é levar um cartão de crédito e débito pré-pago para usar em uma emergência.

Só não se esqueça de ligar para a operadora e pedir a liberação do cartão para o exterior.

Monte uma mala completa para o idoso

Cada vez mais as empresas aéreas vêm reduzindo a quantidade e o peso de bagagem permitidos, entretanto, ainda assim, é fundamental que você monte uma mala completa para o seu acompanhante da terceira idade.

É necessário levar roupas e sapatos confortáveis, peças para o frio e para o calor, roupas formais e informais, medicamentos, acessórios, etc.

Portanto, analise bem qual é o destino, quais serão as atividades e auxilie o idoso na hora de escolher o que vai levar consigo.

Lista de melhores destinos nacionais de viagem para idosos

Agora que você já viu as principais vantagens de viajar com os idosos e as nossas dicas de como se preparar para uma viagem especial, confira uma pequena lista com os melhores destinos nacionais para viajar com a terceira idade!

Serra Gaúcha, Rio Grande do Sul

A Serra Gaúcha é um excelente destino nacional para a terceira idade. Ela é conhecida por quem gosta de cidades belas, tranquilas, sossegadas e com boas opções de gastronomia.

A região foi colonizada por europeus e seu estilo de arquitetura encanta os turistas.

Além disso, a produção de vinhos atrai visitantes que gostam de aproveitar as baixas temperaturas ao lado de um bom vinho.

Entre os melhores destinos nacionais para idosos, Gramado, por exemplo, possui mais de 30 pontos turísticos. E, no inverno, você pode aproveitar uma refeição perto da lareira vendo as geadas pela janela.

Há diversas cidades na região além de Gramado que podem ser desvendadas em um roteiro de viagem para a Serra Gaúcha.

Outra cidade é Canela, que possui belos parques e cenários naturais, como matas preservadas e ar refrescante.

Já Bento Gonçalves é um polo vinícola, com dezenas de plantações que estão entre as maiores do Brasil. Ali há muito da tradição italiana e casas típicas que podem ser observadas em seu roteiro para o local.

Também na Serra Gaúcha, Nova Petrópolis é uma cidade que foi colonizada por alemães, com arquitetura típica. E possui muitas opções de passeios.

Alguns locais que vale a pena conferir são o Ninho das Águias, o Labirinto Verde e a Aldeia do Imigrante.

Em diversos pontos da Serra Gaúcha você pode visitar museus, igrejas e atividades ao ar livre.

Entre os melhores destinos nacionais para idosos, Gramado, por exemplo, possui mais de 30 pontos turísticos.

Águas de Lindóia, São Paulo

Viagens para o interior são perfeitas para quem quer ficar longe da rotina dos grandes centros. Principalmente se sua expectativa é estar em contato mais próximo com a natureza.

Entre os melhores destinos nacionais para idosos, em Águas de Lindóia, a 185 quilômetros de São Paulo, um passeio famoso é o das águas termais.

Mas, antes de viajar, verifique se as termas estão abertas ou com acesso restrito devido à Covid-19.

Se ainda não estiver em funcionamento, você pode deixar marcado no seu planejamento para uma data futura.

De qualquer forma, há outras opções também para curtir a cidade. Quem quer ficar distante de aglomerações pode fazer passeios ao ar livre, caminhar e relaxar.

E os parques são excelentes para isso. Na Praça Adhemar de Barros você tem uma vista para um belo lago, pode fazer um piquenique e se distrair.

Outro ponto que vale a pena conhecer é o Morro do Cruzeiro, com belas vistas no horizonte e clima ameno. Ele fica a 3 quilômetros de Águas de Lindóia. Ainda, uma atividade ao ar livre de destaque é a Represa do Cavalinha.

Também nos melhores destinos nacionais para idosos, na Fazenda do Morro Pelado você pode curtir uma boa pescaria e apreciar um ambiente cercado por áreas verdes.

Quem deseja fugir um pouco da atmosfera da capital paulista ficará satisfeito por desfrutar do ar puro para este destino que fica a cerca de duas horas de São Paulo (de carro).

Praia do Gunga, Alagoas

A praia do Gunga, em Alagoas, é um pequeno paraíso longe de aglomerações e cercado de paisagens desertas.

Ela se encontra no município de São Miguel, a 30 quilômetros de Maceió.

Envolta por coqueiros ao longo da costa e com águas transparentes, é um cenário de tirar o fôlego.

O mar é tranquilo e na maré baixa ele se encontra com a Lagoa do Roteiro. Além disso, a paisagem é composta por falésias coloridas que tornam toda a experiência única.

A praia do Gunga, em Alagoas, é um pequeno paraíso longe de aglomerações e cercado de paisagens desertas.

O local é pouco movimentado nos dias de semana, perfeito para ficar em uma barraca à beira da praia, sob um guarda-sol e comendo variados petiscos e frutos do mar.

No mirante que fica localizado na rodovia você tem uma vista memorável do lugar! Portanto, não poderia estar fora dos melhores destinos nacionais para idosos.

Monte Verde, Minas Gerais

Outro lugar tranquilo e de atmosfera aconchegante é Monte Verde, em Minas Gerais. A cidade é muito calma e, como está situada nas montanhas, tem um clima friozinho e ameno.

O distrito fica na Serra da Mantiqueira, no município de Camanducaia. É um local muito procurado por turistas que querem contato com a natureza e ao mesmo tempo cercado de traços europeus.

Você pode se deslocar até o rio Jaguari por jipe e admirar as belezas locais. Na avenida principal do distrito há diversos quiosques de empresas que vendem diferentes passeios.

Por exemplo, para fábricas de queijos, de chocolate, de bebidas, mirantes e outros.

Para quem gosta de plantas, existem mais de mil espécies na região e algumas carnívoras também. A visitação das estufas é aberta ao público.

No Paulo das Trutas, você se depara com viveiros de pequenos peixes em diferentes fases da vida.

Ainda, neste local que está na nossa lista de melhores destinos de viagem para idosos, você pode degustar boas cachaças na Destilaria Monte Verde, com sabores diversificados, como a famosa cachaça de banana.

No Skina Queijos e Doces você vai ficar impressionado com a diversidade de comidas, com doces artesanais e queijos de boa qualidade.

Já se você pretende visitar um local para beber e quer descontrair com uma pequena aventura, o Icebar é um ponto inusitado! A temperatura é congelante, em torno de -15º. É bom vestir uma roupa apropriada para não passar frio.

Só é permitido permanecer no local por 40 minutos. Enquanto bebe, você fica cercado de esculturas e apetrechos de gelo compondo o ambiente.

Viagem para Idosos: melhores destinos nacionais 

Holambra, São Paulo

Também entre os melhores destinos nacionais para idosos está Holambra.

É uma cidade de colonização holandesa que fica localizada no estado de São Paulo, a 130 quilômetros da capital e próximo a Campinas.

Ela tem o título de cidade das flores, pois grande parte da produção nacional de flores provém da cidade.

A população é de cerca de 15 mil habitantes e o estilo holandês é perceptível em diversos aspectos da vida local.

Inclusive, a prefeitura de Holambra fornece incentivos para construções ao modo holandês, como desconto no IPTU.

E as particularidades da arquitetura europeia encantam os visitantes quem percorrem as charmosas ruas da cidade. Uma das características de Holambra é também a presença de moinhos.

Já para fazer a visitação de flores é preciso estar acompanhado por guias credenciados. Você pode fazer um city tour nesse caso e aproveitar para saber mais sobre a história da cidade.

O city tour dura cerca de 2 horas e se inicia em um cartão postal da cidade, o Moinho. Ele segue o modelo dos moinhos holandeses e é movido pela ação eólica para moer grãos.

Com 10 andares e quase 40 metros de altura, há um mirante no topo para avistar toda a cidade.

Para quem deseja visitar a cidade na primavera, a Expoflora é o maior evento de flores e plantas ornamentais da América Latina. Já os meses entre junho e início de agosto são ideais para visitar campos de girassóis.

Neste local da lista de melhores destinos nacionais para idosos, não deixe também de apreciar um bom “stroopwafel”. Trata-se de um biscoito típico holandês, parecido com waffle, mas com calda e recheio no meio.

Se quiser experimentar a comida típica holandesa, não faltam opções de restaurantes. Eles servem, por exemplo, algumas iguarias como pato e coelho.

Os doces holandeses também devem entrar para  a sua lista! Há ótimas alternativas de confeitaria com incríveis sabores, aromas e texturas.

Itá, Santa Catarina

Itá é uma cidade de cerca de 6,5 mil habitantes localizada em Santa Catarina.   Hoje é um destino turístico conhecido por ter sido submerso pelas águas de uma hidrelétrica.

Depois disso, foi construída uma nova cidade nas montanhas para abrigar os moradores.

O local tem atualmente diversas atrações aquáticas, com muita procura pelas águas termais.

O complexo Termas de Itá é um parque privado que tem vista para o lago do Rio Uruguai.  São várias piscinas com temperaturas em torno de 35º, além de toda uma estrutura ideal para descanso.

Itá é uma cidade de cerca de 6,5 mil habitantes localizada em Santa Catarina. 

Há também piscinas com hidromassagem, cercadas de jardins e palmeiras que conferem singularidade ao local.

Entre os pontos turísticos, estão antigas igrejas submersas, como as torres da Igreja Matriz, que possuem iluminação especial no período noturno.

Outro ponto que vale a pena conhecer é o Eco Parque, para quem quer encontrar a diversidade da fauna e da flora da Mata Atlântica.

Há passagens sobre vales e córregos e, na Prainha de Itá, próximo ao Eco Parque, é possível desfrutar de lazer com tranquilidade, inclusive com passeios de escuna.

Se você quer conhecer a origem italiana do local, a Casa Camarolli possui arquitetura característica que se originou em meados do século XX. No local há um acervo histórico e de memórias da imigração.

Já a Casa Alberton possui raízes alemãs e teve origem na primeira metade do século XX. Atualmente, é um espaço cultural.

Para quem deseja ter uma vista privilegiada de Itá, é possível visitar os mirantes Belvedere Dona Roma e o Mirante Caracol.

No caso da Barragem da Hidrelétrica de Itá, os mirantes têm vista para o rio Uruguai, em frente à barragem.

Salvador, Bahia

Salvador com certeza está entre os melhores destinos de viagem para idosos.

A famosa capital do estado da Bahia reúne diversos interesses dos turistas: belas praias, ótimos restaurantes com comida típica, museus, centros históricos e, para quem gosta de turismo religioso, diversas igrejas e eventos de diferentes religiões.

No entanto, para quem gosta de fugir da multidão, é fundamental se preparar com antecedência e evitar datas comemorativas como carnaval e réveillon.

Para quem gosta da movimentação e quer conhecer festas típicas do destino, existem opções famosas como as populares Festas de Largo.

O nome desse tipo de festa vem do costume das comemorações em praças de encontro nos dias de santos e orixás.

Também existe a opção de conhecer a Festa de Iemanjá e a tradicional Lavagem do Bonfim, que reune seguidores do catolicismo, candomblé e umbanda, em que os fiéis partem da Igreja Nossa Senhora da Conceição da Praia e andam por 8 Km até a Igreja do Senhor do Bonfim.

Por fim, para quem adora atividades em contato com a natureza, existe a opção de fazer uma pequena viagem de Salvador até a Praia do Forte (aproximadamente 1h30 de carro) para conhecer o incrível Projeto Tamar.

Viagens internacionais para terceira idade: Para onde ir?

Agora confira alguns dos melhores destinos internacionais para viajar com idosos:

Sintra – Portugal

Um ótimo destino para viajar com idosos é Sintra, uma cidade próxima a Lisboa, e que é um verdadeiro paraíso na terra.

A região é cercada de jardins, museus, castelos, palácios e outras construções arquitetônicas admiráveis, como a Quinta da Regaleira, que até parece um cenário saído diretamente de um conto de fadas.

Além disso, a charmosa vila conta com praias, deliciosos vinhos do Porto e lojas de artesanato repletas de itens originais do país, como azulejos pintados a mão e diversos objetos de cerâmica.

Toscana – Itália

A Itália com certeza é um país que está na lista de desejos de todo apaixonado por viagens. Além da gastronomia, são diversas cidades turísticas para se encantar, não é mesmo?

Uma das opções de destino para quem está pesquisando viagem para idosos, e para quem deseja fugir dos tradicionais destinos como Roma, é a região italiana Toscana, capital da Florença.

Esse destino é muito famoso por seus museus, pela culinária e belezas naturais com vários campos apaixonantes e rotas de vinhos, além da curiosa arquitetura de edifícios medievais.

Viena – Áustria

A famosa cidade de Mozart é uma das melhores opções turísticas internacionais para viajar com a terceira idade – além de ser o local ideal para todos aqueles que privilegiam o conforto e a sofisticação.

Viena é uma das cidades com a melhor qualidade de vida do mundo e, entre suas vias arborizadas, existem diversos museus, parques, lojinhas e muitos mimos que conquistam qualquer viajante que não abre mão do bom e do melhor.

Em Viena, é possível assistir a apresentações de ópera, conhecer a Catedral de Santo Estevão, fazer compras na rua Kärtner Strasse, provar bons vinhos e muito mais.

Paris – França

A cidade luz é abarrotada de turistas durante todo o ano e é um ótimo destino para viajar com familiares da terceira idade.

Paris é cheia de casas de espetáculo e museus que disponibilizam áreas especiais nas filas para idosos, algo muito útil em uma cidade onde os principais atrativos costumam ser bastante disputados pelos turistas.

Você pode levar o seu familiar para tirar fotos no Louvre, perto da torre Eiffel e passar com ou sem rumo entre um croissant e outro na companhia de filhos e netos.

Sevilha – Espanha

Para quem gosta de fazer imersão na cultura local, em Sevilha, no sul a Espanha, os turistas podem aproveitar para entrar na dança ao som do flamenco!

Essa opção de destino é bastante conhecida por sua cultura diversa, vários passeios em parques, construções antigas e festas de cunho religioso.

Conclusão: Viagem para idosos

Como vimos ao longo do texto, é preciso ter muito cuidado na hora de planejar uma viagem para idosos, pois eles precisam de cuidados especiais.

Mesmo assim, viajar na terceira idade é algo muito benéfico tanto para a saúde física quanto para a saúde mental.

Relembre alguns dos cuidados necessários para fazer a uma viagem tranquila com idosos:

  • Converse com o idoso antes da viagem;
  • Consulte os profissionais de saúde sobre a possibilidade de viajar;
  • Consulte as condições de acessibilidade dos lugares que vocês irão viajar;
  • Separe toda a documentação necessária;
  • Prepare as suas finanças contra imprevistos;
  • Monte uma mala e bagagem de mão completas.

Com essas dicas em mente, você com certeza vai conseguir elaborar uma viagem mais tranquila e adequada para a terceira idade.

Entretanto, como estamos falando de viagens e companhias aéreas, imprevistos sempre podem acontecer, não é mesmo.

Problemas comuns como voos atrasados, perdas de conexão, cancelamento de voo e até mesmo extravio de bagagem podem acontecer.

Em todos esses casos, você pode contar com a ajuda da LiberFly para te socorrer.

Somos uma LawTech especializada na compra de ativos judiciais. Você manda o seu caso para gente, nós analisamos e, se decidirmos comprar o seu caso, mandamos um adiantamento da sua indenização em troca dos direitos jurídicos do seu caso.

Muito obrigado pela leitura!

Leia: Criança paga passagem de avião? Confira todas as regras

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.