Bagagem Extraviada: O Que Fazer, Direitos e 5 Dicas para Evitar

Ter a bagagem extraviada é provavelmente um dos problemas mais frustrantes para qualquer pessoa que está realizando uma viagem.

Seja na ida ou na volta, chegar na esteira e não encontrar as suas malas é algo que dá um frio na barriga e faz o sangue ferver.

Entretanto, por mais que essa situação seja muito irritante, tente manter a calma: existem algumas maneiras de tentar reverter a situação e vamos explicar quais são elas nesse texto.

Além disso, também vamos te explicar como receber uma compensação pela dor de cabeça de ter uma bagagem extraviada entrando com um processo, afinal, isso pode ser considerado tanto um dano moral quanto material.

Confira tudo o que você precisa saber sobre bagagem extraviada, quais são os seus direitos e algumas dicas para evitar perder itens importantes neste texto. Boa leitura!

Teve a sua bagagem extraviada? Então mande o seu caso para LiberFly!

O que é bagagem extraviada?

A bagagem extraviada é, infelizmente, uma situação muito comum em voos nacionais e internacionais.

Ela acontece quando o passageiro faz o despacho de suas malas e, quando chega no destino, não as encontra na esteira.

Dependendo do que o passageiro colocou na bagagem, ele pode acabar perdendo itens importantes e de valor, o que gera muita frustração e desconforto.

O que acontece quando a bagagem é extraviada?

bagagem extraviada o que acontece

Existem, basicamente, 4 motivos frequentes para o extravio de bagagem. Confira:

Problemas em conexões

Quando é hora de trocar de um avião para o outro, pode acontecer da mala não embarcar no avião correto.

As chances desse problema acontecer são maiores quando o tempo de conexão é menor, pois as companhias aéreas fazem um esforço grande para não atrasar os voos e isso pode ocasioar até em colocar as bagagens em outro voo sem querer.

Perda de identificação da bagagem

Muitas vezes, pode acontecer da bagagem perder a etiqueta de identificação, o que faz com que o profissional responsável fique sem saber para onde enviar a mala.

Com isso, a mala fica “perdida” até que o cliente faça a reclamação. Só então começam-se as buscas por ela.

Falhas da companhia aérea

Outra causa muito comum para o extravio de bagagem é um equívoco por parte da companhia aérea ou da terceirizada responsável em determinado momento entre o check-in e a colocação da bagagem na esteira.

Além disso, podem acontecer problemas de logística e transporte, por conta de uma grande quantidade de volume, tempo curto ou até mesmo erro humano.

Furto

Por fim, um furto pode acontecer na área interna do aeroporto, na esteira, ou então na própria área externa do aeroporto.

Outra causa comum é que algumas pessoas podem acabar se confundindo e levando a sua mala achando que é a dela.

Nesse caso, você deve verificar se o seu plano contratado oferece alguma indenização sobre esse tipo de situação e sob quais condições.

Direitos do consumidor em caso de bagagem extraviada

bagagem extraviada direito do consumidor

A partir do momento do despacho da bagagem, a companhia aérea torna-se responsável pelas suas malas e tem o dever de te indenizar em caso de extravio ou dano.

Tudo isso está previsto no Art. 6, VI e 14 do Código de Defesa do Consumidor, como você pode ver nos trechos destacados abaixo:

Art. 6º São direitos básicos do consumidor: (…)

VI – a efetiva prevenção e reparação de danos patrimoniais e morais, individuais, coletivos e difusos; (…)

Art. 14. O fornecedor de serviços responde, independentemente da existência de culpa, pela reparação dos danos causados aos consumidores por defeitos relativos à prestação dos serviços, bem como por informações insuficientes ou inadequadas sobre sua fruição e riscos.

Além disso, se a viagem tiver sido adquirida por meio de agência de turismo, a agência também pode responder por esse incidente.

Caso a empresa aérea não devolva a bagagem de imediato, você tem o direito de receber um ressarcimento pelos gastos com itens de primeira necessidade, pelo período em que estiver sem os seus pertences, contanto que esteja fora do seu município.

As companhias aéreas tem a responsabilidade de definir a maneira e os limites diários de compensação e devem fazer o pagamento desses custos em até 7 dias a partir da apresentação dos comprovantes de compra pelo passageiro.

Esse valor varia de acordo com a rota da empresa, mas fica em torno de US$150,00 em voos para o exterior ou R$380,00 em voos para o Brasil. Por isso, lembre-se de sempre guardar todos os recibos e comprovantes.

Caso os seus pertences sejam entregues com um atraso maior do que 72 horas depois do seu desembarque, você ainda pode buscar por uma compensação financeira maior.

Qual o prazo para reclamar da bagagem extraviada?

O prazo para fazer uma reclamação de bagagem extraviada é de 15 dia após o desembarque.

É fundamental que você faça a reclamação o quanto antes, preferencialmente quando ainda estiver no aeroporto.

Nos casos de dano ou violação da bagagem, você tem um prazo de até 7 dias para protestar e a companhia aérea também tem até 7 dias a partir da reclamação para fazer a substituição ou reparar o dano ocorrido.

Além disso, esse prazo é o mesmo para a compensação financeira.

Como recuperar bagagem extraviada?

Antes de tudo, é preciso que você mantenha a calma. Sim, trata-se de uma situação estressante e muito frustrante, mas perder a paciência só vai te atrapalhar na resolução desse problema, então respire fundo, conte até dez e siga o passo a passo a seguir.

Quando não encontrar a sua mala na esteira, vá até o balcão de atendimento da empresa com a qual você voou e explique o seu caso.

Peça para que a companhia entregue a você o Registro de Irregularidade de Bagagem, também chamado de RIB, e preencha o documento corretamente.

É através desse documento que o seu problema será registrado e através do qual a empresa tentará resolver o problema.

Uma dica muito importante é que você tenha consigo o comprovante do despacho da mala. Sem ele, pode não ser possível realizar a sua reclamação.

O ideal é que você preencha o RIB antes mesmo de sair do aeroporto, contudo, se você tiver de sair antes de realizar o preenchimento, entre em contato com a companhia aérea e saiba o que fazer para emiti-lo em casa.

Fique muito atento, pois, como vimos no tópico anterior, você tem no máximo 15 dias para realizar essa reclamação.

Além do RIB, você também pode registrar uma reclamação contra a companhia aérea junto à Agência Nacional de Aviação Civil, a ANAC, que é o órgão responsável pelo setor de aviação civil no Brasil.

Dependendo do aeroporto onde você estiver, é possível realizar esse procedimento logo após o desembarque, se dirigindo até o escritório físico da agência.

Caso o aeroporto onde você esteja não tenha um escritório da ANAC, você pode fazer a reclamação por telefone ou pelo site da ANAC.

Se a empresa aérea se recusar a fornecer o RIB, você deve ir até uma delegacia para registrar um Boletim de Ocorrência.

Você pode fazer a mesma coisa caso tenha recebido a sua mala de volta, mas tenha sentido falta de alguns itens, em especial os de alto valor.

Quando isso acontecer, você deverá declarar os objetos faltantes e os seus valores estimados.

Por último, você deve pedir à companhia aérea uma ajuda financeira para comprar alguns itens de primeira necessidade caso não esteja na sua cidade de residência.

Em todo caso, não deixe de guardar todos os comprovantes para ter como ser reembolsado depois.

5 dicas para não ter problemas com a bagagem

bagagem extraviada dicas para não ter problema

Agora que você já viu o que fazer caso a sua bagagem seja extraviada, confira algumas dicas para evitar que esse problema aconteça de novo no futuro:

Faça um planejamento prévio

Como vimos ao longo do texto, o destino escolhido e o número de conexões pode aumentar ou reduzir as chances de você sofrer um extravio de bagagem.

Para evitar essa situação, o ideal é que você sempre compre passagens de voos com conexões pela mesma companhia aérea.

Também evite comprar passagens com conexões com horários muito próximos, pois isso pode acabar dificultando a vida da equipe dos aeroportos.

Portanto, evite conexões com menos de 2 horas para voos internacionais e conexões com menos de 1 hora para voos nacionais.

Caso algum dos seus voos sofra atrasos e o tempo de conexão para o seu próximo voo seja muito apertado, não haverá tempo hábil para que as malas sejam transferidas de um avião para o outro.

Não coloque objetos de muito valor na bagagem despachada

Lembre-se: itens como dinheiro, cartões de crédito, documentos (como identidade, passaporte, autorização para menor viajar, etc.), jóias, objetos de alto valor, celulares, tablets, notebooks, leitores digitais e outros eletrônicos portáteis não devem ser colocados na mala que você pretende despachar.

Caso aconteça o extravio de bagagem, a companhia aérea não irá te compensar por esses itens, portanto, leve-os na bagagem de mão.

Coloque um diferencial na sua mala

Uma das formas de evitar a bagagem extraviada é identificando a sua mala com algo a mais.

Se você tiver uma mala preta, por exemplo, ela pode ser confundida por outro passageiro que a levará por engano.

Por isso, identifique a sua mala com chaveiros, etiquetas, nome, endereço, e-mail e telefone.

Você também pode colocar adesivos ou pinturas extra para que ela seja facilmente identificada por você na esteira.

Não faça o despacho perto do horário do embarque

Se você despachar a sua bagagem em cima da hora, saiba que está aumentando as chances de extravio, pois a sua mala pode não chegar no porão a tempo.

Por isso, faça o check-in e o despacho das suas bagagens com antecedência.

Coloque um localizador por GPS na sua mala

Existem diversos dispositivos no mercado que você pode colocar dentro da sua mala que vão te ajudar a localizar a mala através do sistema GPS.

Você pode comprar um desses dispositivos e sempre colocá-lo na mala para saber onde a sua bagagem está em tempo real através de aplicativos para celular.

Prazo para devolução de bagagem extraviada

bagagem extraviada prazo devolucao

A empresa aérea tem até 7 dias para devolver a sua bagagem em caso de extravio. Esse prazo é válido para os voos domésticos, ou seja, voos no Brasil.

No caso de voos internacionais, esse prazo é de 21 dias.

Conclusão

A bagagem extraviada é uma situação que causa muito desconforto e frustração em qualquer passageiro de avião.

Esse problema acontece, principalmente, por problemas na companhia aérea, problemas em conexões muito curtas, perda de identificação da bagagem ou por furto.

Por isso, as principais formas de evitar esse tipo de problema são:

  • fazer um planejamento antes da viagem;
  • não colocar objetos de alto valor dentro da mala que vai despachar;
  • achar alguma maneira de deixar a sua mala diferente das demais;
  • não realizar o despacho da bagagem em cima da hora;
  • colocar um localizador por GPS na sua bagagem.

Tomando essas precauções, você diminui as chances de ter a sua bagagem extraviada e ainda aumenta as chances de encontrá-la se algum problema acontecer.

Em todo o caso, pode ser que você não encontre a sua bagagem, ou que a empresa te devolva a mala fora do prazo ou com danos.

Nesses casos, você pode contar com a ajuda da LiberFly! Somos uma LawTech especializada na compra de ativos judiciais e vamos adiantar a sua indenização em troca dos direitos do seu caso. Muito obrigado pela leitura!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.