Quem está acostumado a viajar de avião sabe que os atrasos em voos são mais comuns do que se imagina. Infelizmente, ocorrências como essas são frequentes, assim como eventuais cancelamentos. Quando ocorrem atrasos nas viagens aéreas, todo consumidor tem seus direitos. Dependendo do caso, pode-se requerer o reembolso de passagem aérea.

De maneira geral, companhias aéreas estão comprometidas a levar os passageiros a seus destinos. Isso deve ser feito com o máximo de segurança, bem-estar e pontualidade. Portanto, os atrasos ou quaisquer inconveniências do tipo nos garantem certos direitos. Saiba melhor como funciona a questão do atraso e seu reembolso!

Passageiro tem direito a rembolso da passagem aérea em casos de atraso e cancelamento do voo

Conheça os principais motivos de atrasos em voos

Entre os motivos que levam a um atraso no voo com reembolso de passagem aérea, alguns são mais frequentes. Os de maior incidência são fenômenos climáticos ou meteorológicos. Chuvas intensas, ventanias fora do normal e nevoeiros são alguns exemplos. Isso cria uma série de riscos em relação à segurança da aeronave.

A fim de assegurar bem-estar e segurança aos passageiros, a companhia e suas equipes realizam cuidados extras nesses casos, e isso pode, “em cima da hora”, levar a alterações no horário do voo, e uma hora de voos pausados resulta em dezenas de chegadas e partidas atrasadas.

Outros motivos que atrasam viagens, levando consumidores a pedir reembolso de passagem aérea, são os pássaros, drones e balões. Quando elementos assim estão na rota do avião ou no meio da pista, o voo é adiado ou cancelado. Se houver impacto, a integridade da aeronave pode ser afetada, influenciando nossa segurança.

Seja indenizado clicando aqui!

Há uma série de imprevistos que podem ocorrer com a estrutura do avião. Avarias nos pneus dos trens de pouso, irregularidades na pista e pousos forçados geralmente produzem atrasos. São necessárias, então, manutenções, o que inclui remover qualquer animal que possa estar por perto, para a segurança de todos, inclusive do animal.

Problemas técnicos que não tinham como ser previstos também exigem a interrupção das atividades aéreas. Questões que afetem a iluminação das pistas, ferramentas de pouso ou algum radar podem atrasar sua viagem. Além disso, se falhas técnicas forem detectadas em voos anteriores ou nas checagens finais do voo, a aeronave precisará ser reavaliada.

Veja seus direitos de reembolso de passagem aérea

O passageiro que tiver seu voo atrasado ou cancelado, viajando por qualquer companhia aérea, tem direitos estabelecidos pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O reembolso de passagem aérea é regulado pela própria Anac. Ele deve ser feito pela empresa aérea, total ou parcialmente. O mesmo ocorre em situações de overbooking em viagens aéreas.

Você deve recorrer, se esses forem os casos, às companhias aéreas em questão ou às agências de viagem contratadas.

Mais de uma hora

Seu voo atrasou pelo menos uma hora? A empresa, então, precisa fornecer meios para que você possa comunicar o atraso a seus conhecidos. Isso envolve o uso da internet, telefone ou outros meios. É o mínimo a que você tem direito.

Mais de duas horas

Quando o seu voo atrasa mais de duas horas, seus direitos garantem que você receba também uma refeição. Ela pode ser fornecida por meio de vouchers, lanches ou a própria refeição.

Mais de quatro horas

Se o atraso chega a mais de quatro horas, além desses direitos citados, você deve receber acomodação em hotéis, além do transporte de ida para o hotel e volta ao aeroporto.

Caso ocorra de você viajar a partir da cidade onde reside, o procedimento é diferente. A companhia aérea é obrigada a fornecer somente transporte até sua residência, assim como o de retorno ao aeroporto.

Reembolso

Também há algumas diferenças em relação ao trecho do voo em que você se encontra: no aeroporto de partida ou das escalas e conexões.

No aeroporto de partida

Quando você tem seu voo atrasado no próprio aeroporto de onde ele parte, o reembolso deve ser integral. Isso inclui as taxas ou tarifas de embarque. A companhia aérea tem o direito de não fornecer qualquer assistência material. Haverá nova data e hora para seu voo, elegida por você. Não há custo adicional, mas, como dito, a empresa não tem de dar assistência material.

Neste mesmo caso, é possível remanejar sua passagem para o próximo voo da companhia, com destino idêntico, mas somente se houver nele assento disponível. O benefício material permanece, neste caso. Ao solicitar seus direitos e o reembolso de passagem aérea, é muito importante que você esteja ciente dessas particularidades.

No aeroporto de escala ou conexão

É diferente quando você tem seu voo atrasado ou cancelado no meio de conexões ou escalas. Nessas situações, a empresa deve oferecer ao passageiro o reembolso total da passagem. Também está garantida a sua volta até o aeroporto onde iniciou sua viagem, sem quaisquer custos. As assistências materiais, neste caso, devem ser oferecidas pela empresa.

Em uma conexão, você pode receber também o reembolso do trecho de voo que perdeu. Neste caso, o passageiro fica na cidade onde ocorreu o atraso até resolver a situação, mas a companhia não tem de prestar outras assistências. Caso haja disponibilidade, você embarcará no próximo voo da empresa, com direito a assistência.

Durante conexões e escalas, pode-se, ainda, concluir a viagem por meio de outros meios de transporte. Ônibus, vans ou táxis podem ser tomados, se, assim, você tiver condições de chegar ao destino final. Há assistência material. Caso você reagende seu voo, escolhendo datas e horários, não haverá custo adicional, e a companhia pode suprimir as assistências.

Confira o que fazer caso o seu voo seja cancelado

Nas situações de cancelamento, as condições também são diferentes para pedir reembolso de passagem aérea. A companhia tem de reembolsar integralmente sua passagem, estando as tarifas inclusas. Assistências extras não são obrigatórias.

Você também pode remarcar o voo escolhendo o dia e hora que lhe forem mais convenientes. Não pode haver custo adicional cobrado, porém a empresa não tem a obrigação de cobrir outras assistências. Além disso, caso haja lugar, embarcar no próximo voo também é possível — a companhia mantendo, nessa situação, as assistências materiais.

Entenda como funciona o serviço da LiberFly

A LiberFly garante a máxima agilidade na solução de seus problemas envolvendo reembolso de passagem aérea. Em um formulário disponível em nosso site, você insere os dados de seu voo. Relate, ali, exatamente qual foi o problema ocorrido. Um especialista contatará você o mais breve possível para prestar-lhe assistência.

Nesse processo, você não lidará com qualquer tipo de burocracia. Nós cuidaremos de toda a “parte chata”, contatando diretamente a companhia aérea. Procuraremos as soluções mais rápidas para o problema, negociando sem intermédios com eles.

No final, você receberá a compensação automática em sua conta, estando a situação resolvida. Desse valor, será deduzida somente a nossa taxa de prestações de serviços. Somos comprometidos em solucionar o seu problema por meio da compensação financeira com toda a transparência e agilidade.

Os problemas envolvendo atrasos e cancelamentos de voos são mais comuns do que imaginamos. Exatamente por isso é preciso estar bem informado sobre seus direitos e os deveres da companhia. Assim, o reembolso de passagem aérea poderá ser feito devidamente, sem complicações. Conte com os nossos serviços para ajudá-lo a resolver questões desse tipo.

Gostou de conhecer mais sobre como funcionam as situações dos voos atrasados? Esperamos ter esclarecido suas dúvidas. Acesse o nosso formulário de reclamações para solicitar o seu atendimento. Ficaremos felizes em auxiliá-lo!

Seja indenizado clicando aqui!