Quer saber como comprovar atraso de voo? Então leia o texto que a LiberFly trouxe hoje especialmente para você!

Você vai ter acesso a um passo a passo para te ajudar a coletar todas as provas necessárias para fortalecer o seu caso contra a companhia aérea.

É muito importante que todos os passageiros conheçam seus direitos. E é por isso que a LiberFly traz hoje as principais maneiras de comprovar atraso de voo! Boa leitura!

Como comprovar atraso de voo? Passo a passo para facilitar!

Confira a seguir o passo a passo de como comprovar atraso de voo:

1. Confira se tem todos os cartões de embarque

Em primeiro lugar, você deve ter em mão todos os cartões de embarque seu e de seus acompanhantes tanto do voo cancelado, quanto do novo voo em que foi realocado, se esse for o caso.

2. Colete mais provas

Além dos cartões de embarque de todos os voos, que vão servir para comprovar que houve um cancelamento, também é interessante coletar outras provas.

Uma muito importante é o e-mail de confirmação da compra, pois ele pode servir para comprovar parte do prejuízo financeiro causado pelo atraso, caso tenha ocorrido.

Outra prova importante para a construção do caso é uma declaração do ocorrido emitida pela Companhia Aérea.

3. Fortaleça seu caso

Por fim, existem casos em que o atraso do voo causou um impacto importante na vida dos passageiros, como a perda de um compromisso, por exemplo.

Buscar esse tipo de prova é uma maneira de fortalecer o seu caso e aumentar o valor da sua indenização.

Portanto, arquive tudo, desde e-mails, capturas de tela e qualquer outra maneira de provar que os danos do atraso merecem uma indenização maior.

Quais são as provas necessárias para comprovar atraso de voo?

Para os fins de provar o atraso de um voo, as provas necessárias são os cartões de embarque do voo atrasado e, quando for o caso, o cartão de embarque do voo em que você e seus acompanhantes foram remanejados.

As demais provas citadas neste texto servem a outros propósitos jurídicos, como provar que houve dano material, moral ou outro tipo de dano que te dê direito a uma indenização maior.

Entretanto, de maneira geral, podemos dizer que os documentos mais importantes que você deve ter consigo caso queira uma compensação financeira são:

  • Todos os cartões de embarque do voo cancelado;
  • Todos os cartões de embarque do voo em que você foi remanejado, se for o caso;
  • E-mail confirmando a compra da passagem;
  • Um registro do atendimento na companhia aérea, seja por escrito, em declaração emitida pela empresa aérea ou por gravação de áudio e vídeo;
  • Fotos dos documentos de comprovação originais para ter uma versão digital e evitar a perda de informações importantes.

Entretanto, não se assuste. Se você não tiver todas as provas citadas na lista acima, ainda dá pra tentar buscar compensação financeira.

Através de iniciativas como a LiberFly, é possível conseguir uma compensação financeira muito mais rapidamente e sem ter de passar por toda a burocracia do judiciário.

Faça uma avaliação com a LiberFly agora mesmo e veja quanto você pode ganhar pelo seu caso!

Como pedir reembolso por atraso de voo?

Se o voo atrasado já te trouxe ou vai te trazer prejuízos muito grandes, então você tem algumas opções. Confira quais são as suas opções em caso de voo atrasado:

Reembolso integral

Você pode pedir pelo reembolso integral do valor pago na passagem aérea, incluindo as taxas. Contudo, se você optar por essa opção, a companhia aérea não tem o dever de fornecer assistência material ou de realocar você em outro voo.

Embarcar no próximo voo da companhia

Nesse caso, a companhia se responsabiliza por fornecer assistência material e te levar até a cidade de destino.

Quanto maior for o tempo de atraso, maiores são os direitos do passageiro e a empresa aérea deve fornecer total assistência material ao passageiro.

Além disso, em caso de voos com escala, ela deve garantir que o passageiro vai chegar a tempo de fazer a mesma escala planejada, encontrar outro método para o passageiro chegar ao local de destino ou mandá-lo de volta para casa sem custos, se for o caso.

Remarcar o voo

Outra opção é remarcar o voo para uma data e horário que você preferir. Em caso de voo atrasado, as empresas aéres devem fazer isso sem nenhum custo adicional.

Entretanto, ao escolher essa opção, você não vai possuir direito à assistência material.

Ser realocado em outro voo de outra companhia aérea

Você também pode escolher ser realocado em outro voo de outra companhia aérea. Nesse caso, a companhia com o voo atrasado deve fazer essa realocação sem nenhum custo adicional, desde que essa seja a melhor opção para o passageiro.

Pedir uma indenização por danos morais

Por fim, você pode pedir uma indenização por danos morais. Você pode fazer isso de maneira rápida, online e sem audiência com a LiberFly!

Entretanto, vale lembrar que você só pode fazer isso caso não tenha recebido o reembolso por parte da companhia aérea.

A indenização por danos morais só deve ser buscada quando o atraso no voo gera algum outro tipo de prejuízo para o passageiro e, de acordo com a ANAC e com a justiça brasileira, o passageiro só é de fato prejudicado quando há um atraso de mais de 4h.

Mas também existem outros tipos de danos e voos com menos horas de atraso também podem causar danos morais.

No fim das contas, será tudo uma questão das provas que você vai conseguir levantar para fortalecer o seu caso e reivindicar seus direitos.

Principais causas de atraso de voos

Conheça a seguir as principais causas para atrasos em voos:

Problemas internos empresa de aviação

Muitas vezes, a empresa de aviação com a qual você comprou passagens pode ter de passar por situações como manutenções não planejadas, interferências em logística e ou queda dos sistemas operacionais da companhia.

Questões meteorológicas

Outra causa bastante frequente para voos atrasados são questões meteorológicas, como o mau tempo, que podem causar atraso nos voos até que as condições sejam adequadas para decolagem.

Falta de tripulação ou excesso de passageiros

De acordo com a legislação brasileira, a tripulação das aeronaves que circulam no país não podem ultrapassar o limite de 11 horas de trabalho.

Muitas vezes, atrasos em voos podem acontecer por conta de simplesmente não haver pessoal disponível para realizar o voo no horário previsto.

Além disso, outra causa comum é o excesso de passageiros. Quando o avião está muito lotado, isso pode levar um tempo maior no desembarque, atrasando o voo que vem logo em seguida.

Greve de funcionários da companhia aéreas

Especialmente em voos internacionais, você pode estar sujeito à greves dos funcionários da companhia aérea que escolheu tanto no Brasil quanto em outros países.

Essas situações, que dependem de fatores no Brasil e em outros países, são uma causa comum em atrasos de voos ao redor do mundo.

Problemas como conflitos externos ou desastres naturais

Outra situação que também pode causar atrasos em voos são conflitos externos, como zonas de guerra ou áreas designadas exclusivamente para o uso militar.

Além disso, desastres naturais e calamidades, que muitas vezes pedem que o reforço aéreo seja utilizado, também podem causar atrasos em voos, pois será necessário recalcular todas as rotas para conseguir atender à emergência.

Passageiro não foi informado

Outra causa comum é a companhia não informar o atraso para o passageiro a tempo. A companhia aérea é obrigada a encontrar alguma forma de te contatar para informar do atraso do seu voo.

Você pode ser mais sobre as obrigações e os direitos das companhias aéreas e dos passageiros neste outro texto que a LiberFly trouxe pra você. Confira:

Voo Atrasado Direitos: O Que Fazer e Como Provar [Guia]

Como comprovar atraso de voo: perguntas frequentes

Confira agora algumas dúvidas frequentes sobre como comprovar atraso de voo:

É comum voo atrasar?

Segundo o Bureau de Estatísticas do Departamento de Transportes dos Estados Unidos, cerca de 9% a 19% de todos os voos, em média, sofrem com atrasos todos os anos.

Por incrível que pareça, em 2020, apesar do número de voos cancelados ter se multiplicado drasticamente, a taxa de voos atrasados diminuiu e teve a sua maior queda em 10 anos.

Tudo isso porque, como vimos nos tópicos anteriores, as causas mais frequentes de atrasos em voos acontecem por conta da superlotação.

Atraso de voo é dano moral?

Depende. O atraso de voo só é considerado dano moral quando ele causa algum tipo de prejuízo para o passageiro, por exemplo, o cancelamento de uma reunião, perda de um evento para o qual estava indo, etc.

Nesses casos, além das provas que já citamos (cartões de embarque, e-mails confirmando a compra, etc.), também é interessante que você colete outros documentos.

Por isso, se esse for o seu caso, procure por todos os documentos necessários para provar que o prejuízo do atraso do voo foi maior.

Quanto tempo para reclamar atraso de voo?

De acordo com a ANAC, qualquer alteração no voo deve ser comunicada com um mínimo de 72 horas (3 dias) de antecedência.

Qualquer alteração que aconteça dentro dessas 72 horas deve ser comunicada aos passageiros do voo de alguma forma, para evitar todos os possíveis transtornos e danos.

Caso você não seja avisado a tempo e acabe perdendo um compromisso importante, então é possível processar a empresa aérea por danos morais.

Conclusão: como a LiberFly pode te ajudar?

A LiberFly é uma empresa gestora de ativos judiciais focada na aquisição e antecipação de créditos judiciais consumeristas.

Em outras palavras, nós adiantamos a sua indenização em troca do seu ativo judicial para que você não tenha que esquentar a cabeça com as burocracias do universo jurídico.

Operamos amparados pelo Código Civil e pelo Código de Defesa do Consumidor e utilizamos tecnologia avançada e jurimetria própria para a aquisição e precificação do seu ativo judicial.

Garantimos rapidez, liquidez e o recebimento de um valor antecipado em razão do transtorno vivido em apenas 48 horas!

Todo o processo de negociação com a LiberFly é gratuito, rápido, prático e sem burocracia. Após a aceitação do seu ativo, você não precisa esperar meses ou anos para receber o que lhe é devido.

Todos os custos envolvidos, bem como os riscos do resultado, passam a ser de responsabilidade exclusiva da LiberFly.

Após a análise das informações, você poderá receber uma proposta de até R$1.000,00 pelo seu potencial ativo judicial de maneira imediata, sem qualquer burocracia.

Assim, você não vai receber uma indenização sem ter de se preocupar com os riscos do processo ou da empresa aérea falir e nunca mais te pagar.

Somos uma empresa pioneira na América Latina na aquisição e antecipação de ativos judiciais consumeristas e já auxiliamos na resolução de casos em todo o mundo.

LiberFly: Receba até R$1000,00 por seu problema de consumidor!