Viagem com criança nem sempre é uma tarefa fácil. Quando as férias escolares se aproximam, alguns pais já começam a se preparar psicologicamente para o que pode dar errado. A verdade é que viajar com criança dá trabalho, sim. Mas também traz muita alegria e deixa tudo mais divertido.

São muitos os cuidados a serem tomados. Desde se programar, fazer as malas e chegar ao destino, tudo pode acontecer. Com um pouquinho de planejamento e bom humor, no entanto, a experiência será bem mais legal. Você só vai precisar se atentar às necessidades específicas da criança e se planejar um pouco mais do que se fosse viajar sozinho.

No aeroporto, tudo é muito corrido e caótico. O trânsito de pessoas é intenso e o processo de embarque é demorado. No avião, as poltronas são apertadas, talvez não seja possível sentar onde tem janela, o que se torna uma frustração para muitas crianças. E o mais delicado é o longo tempo de voo, motivo de irritação para os pequenos após algumas horas.

Por isso, fizemos um apanhado de dicas que vão te ajudar a se preparar. Elas vão evitar dores de cabeça e preocupações. São orientações para o tempo de espera no aeroporto, o percurso até o destino e a viagem em si.

Prepare os pequenos para a viagem de avião

Dicas para antes da viagem com criança

Já percebeu que o planejamento de qualquer viagem é composto por etapas parecidas? Dependendo de quem são os viajantes da vez, entretanto, elas variam um pouquinho no momento da execução.

Exemplo disso é quando você resolve fazer viagem com criança pela primeira vez. Embora seja preciso resolver transporte, hospedagem e roteiro, como em qualquer outra situação, as necessidades dos pequenos devem ser consideradas.

Saiba o que fazer quando a sua mala é danificada ou extraviada!

Pesquise o máximo que puder!

Primeiramente, procure saber se seu filho precisa de visto. As vacinas das crianças estão em dia? Saiba se o destino para onde vocês vão está em surto de alguma doença e se será preciso alguma vacina a mais. Não esqueça, também, os remédios. Mesmo que seu filho não tome medicação regularmente, é interessante levar remédios para dores de cabeça, de barriga, de estômago, entre outros. E os documentos exigidos para o embarque são imprescindíveis!

Tenha certeza que as vacinas dos filhos estão em dia.

Aprenda a levar remédios na viagem

Planeje seus voos

O ideal é planejar os voos em torno da hora que seu filho costuma dormir. Apesar de que voos noturnos possam ser mais caros, é preciso pensar se não vale a pena pagar um pouco mais pelo conforto e tranquilidade. A criança que dorme durante o voo não incomoda você nem os outros passageiros. Além disso, ela ficará mais tranquila e descansada após o voo. Caso precise fazer uma conexão, procure deixar bastante tempo entre os voos. Idas ao banheiro e paradas para lanchar demandam tempo.

Onde ficar?

Existem algumas opções de hospedagem, como hotel, hostel, airbnb – que oferecem aluguéis de temporada. Cada um tem seus benefícios. Os hotéis oferecem serviço de quarto, refeições prontas, baby-sitter, opções de diversão para as crianças, entre outras regalias. Já em aluguel de apartamento ou casa, você tem mais liberdade e faz as coisas no seu tempo. Além disso, caso você ou seu filho tenham uma dieta especial, você tem a possibilidade de preparar suas próprias refeições. Isso pode sair, inclusive, mais barato que os serviços que o hotel oferece. É uma escolha pessoal, que vale a pena ser pensada com calma.

Seja indenizado clicando aqui!

Reserve com cautela

Optou por se hospedar em hotel? Ótimo. É uma hospedagem que você já conhece e teve boas experiências? Melhor ainda. Mas lembre-se da estrutura e pense bem antes de fazer a reserva. Havia muitos degraus, uma ladeira muito íngreme ou uma subida difícil para chegar aos quartos e outros acessos? Pois é, o que parecia ser normal para você sozinho, ou em casal, pode se transformar em uma grande dificuldade com um carrinho de bebê.

Escolha a acomodação que combina com você!

Faça uma “viagem-teste”

Aeroportos são conhecidos por serem locais grandes e barulhentos. Caso seja a primeira vez viajando com criança, é boa ideia dar uma volta pelo aeroporto por algumas horas. Isso porque a criança talvez se assuste e se sinta incomodada. Portanto, é bom deixá-la preparada para o “dia D”.

Não exagere na mala

Saiba quantos dias vocês vão passar fora de casa e calcule, por exemplo, a quantidade de roupa necessária. Lembre-se, também, que quase tudo pode ser comprado fora. Fraldas, produtos de higiene pessoal, tudo isso estará disponível para compra em farmácias e supermercados. A não ser que a criança seja alérgica a algo, não há necessidade de levar suprimentos para a viagem inteira.

Cuidado para não exagerar na hora de fazer a mala!

Saiba como escolher a mala ideal para sua viagem

O que pode dar errado?

Faça uma lista de tudo que pode dar errado. Desde contratempos no aeroporto e no avião, até comportamentos já conhecidos da criança. Pense em possíveis situações antes que elas ocorram. Isso te deixará mentalmente preparado para o caso do “vai que...”.

Explique a viagem

Seu filho não está acostumado com viagens de avião? Então vale a pena conversar com ele sobre isso. Explique o que e quando as coisas vão acontecer, como tudo funciona no aeroporto e dentro do avião e o que ele não deve fazer. É interessante criar um clima descontraído e mostrar que a viagem será uma aventura para todos.

Explique a viagem para os pequenos.

Respire e vá fundo

A ideia de viajar com crianças talvez pareça assustadora. Mas procure sempre lembrar do mais importante: uma hora vai acabar. Você vai conseguir. Você vai sobreviver. E ainda vai sentir saudades. Vai olhar para trás e lembrar dos bons momentos e dos que não foram tão fáceis assim. Mas que você superou.

Dicas para durante a viagem com crianças

Ao decidir fazer as malas e sair com os pequenos, é necessário ter algo em mente. A viagem não será exatamente igual àquelas que você costumava fazer sem filhos. Há certos aspectos que deixam a viagem mais engessada e com horários mais fixos. Mas ela vai ser uma delícia do mesmo jeito.

Planeje, pesquise e tenha paciência.

Vá devagar

Talvez você esteja acostumado a querer sair correndo do avião assim que ele pousa, a fim de deixar logo o aeroporto. Como um passageiro experiente, sabe de pequenos atalhos. Mas com crianças, esqueça todos esses “segredinhos”. Evite confusão e dor de cabeça. Permaneça sentado na sua poltrona, relaxe e deixe todos os outros passageiros desembarcarem. Com o avião mais vazio, prossiga com calma.

Cuidado para não se perder dos filhos

Caso você tenha a preocupação do seu filho se perder, é bom colocar uma etiqueta no braço dele, com o nome da criança, de um dos pais e o telefone. Dessa forma, caso alguém o encontre, você será facilmente contatado. Vale a pena, também, investir em um rastreador GPS e colocar na mochila da criança. Por meio de um aplicativo, você irá rastreá-la. Ainda assim, o melhor é manter os filhos sempre a vista e evitar que a viagem vire uma grande dor de cabeça.

Piscina e mar

Você é fã de praia, do mar e da areia? É uma ótima opção para crianças. Elas se divertem na beira do mar – com supervisão dos pais -, brincam na areia e constroem castelinhos. Entretanto, nem toda criança gosta de praia ou aguenta ficar lá por muito tempo. Por isso, é interessante diversificar e ter uma piscina para os pequenos brincarem, até mesmo com outras crianças.

Diversifique entre praia e piscina.

Qualquer um fica estressado ou desanimado com fome. Crianças, mais ainda. A fome atrapalha qualquer programação. Por isso, é importante lembrar de não pular refeições. Um bom e completo café da manhã é ótimo para começar o dia. Conhecer restaurantes e a culinária local sempre é bom programa. Outra dica importante é não esquecer os lanchinhos. Castanhas, barrinhas de cereais, chocolate e suco são boas pedidas.

Programas para todos

É importante que haja momentos para os adultos e também para as crianças na viagem. Os pequenos costumam querer brincar em todo playground que veem pela frente. Eles se distraem e ficam entediados facilmente. Por isso, deve-se reservar momentos para fazerem o que gostam. Entretanto, eles devem saber respeitar os programas dos adultos, como visitas a museus ou compras. A viagem deve ser programada para que todos se divirtam!

Nem tudo sai como o planejado, mas lembre-se que uma viagem com crianças significa, mais do que nunca, um momento de lazer e alegria em família. Tente não se estressar por pouca coisa e releve pequenos imprevistos. Aproveite!

Você sabe dos seus direitos como consumidor?

A viagem com as crianças chegou ao fim...

Deu tudo certo? Todos se divertiram? Ótimo, esse era o objetivo das dicas e de toda a preparação para a viagem. No entanto, algumas situações fogem do nosso controle. Mesmo seguindo todos esses passos, imprevistos acontecem por parte da companhia aérea.

A viagem foi um sucesso? Ou não?

Se você teve algum problema com o voo, a LiberFly está aqui para te auxiliar. Caso seu voo tenha sido cancelado, atrasado ou sua bagagem extraviada, nós podemos te ajudar. Basta preencher um formulário no nosso site, informando o problema.

Seu caso será avaliado e, se passível de indenização, garantimos agilidade e resolução do impasse. Asseguramos uma negociação 80% mais rápida com a companhia aérea, de forma direta, sem burocracia. A consultoria é gratuita e você só pagará caso o problema seja solucionado.

Seja indenizado clicando aqui!