A Rota Romântica da Alemanha é para os amantes! Para quem ama cerveja, para quem ama comida, para quem ama viajar e para quem tem um grande amor. Afinal, alegria compartilhada é alegria redobrada. Então, nada melhor do que dividir esse roteiro de viagem com uma pessoa especial. E se você é um daqueles que ainda buscam um amor ou puramente diversão, a Rota Romântica vai te fazer se apaixonar pelos vilarejos alemães.

A Rota Romântica tem esse nome porque muitos poetas dos séculos XVIII e XIX se inspiraram nos vilarejos para escrever. Fundada em 1950, a Rota Romântica da Alemanha tem 460km e passa por cerca de 30 vilarejos. Ela é a união de vários caminhos alternativos, ou seja, fora das vias principais e com placas marrons que orientam os turistas. Recomendamos que você comece pela cidade de Wuzburg até chegar em Fussen. Dessa forma, você começa pelas cidades com o clima mais ameno e, conforme avance para o sul, os alpes tomam a paisagem.

Mapa da Rota Romântica

História, castelos e gastronomia

A Rota Romântica da Alemanha proporciona ao turista uma verdadeira viagem no tempo. Até hoje não se sabe quem criou a rota, mas ela se popularizou durante a reconstrução da Alemanha após a Segunda Guerra Mundial. A reformulação da Baviera enalteceu as belezas naturais do país, realçando a hospitalidade do povo alemão e levando ao turista um passei inesquecível e romântico.

As lojas nas ruas vendem produtos modernos em casas construídas na idade média. A magnitude da paisagem com montanhas encobertas de neblina e neve decoram a vista das ruas de chão de pedra.

Veja a história de Shantell clicando aqui!

Castelos, palácios, monastérios, ruínas, igrejas, campos verdes, parques eólicos e vinhedos estão presentes durante todo o caminho. Os lugares são tão fascinantes que até Walt Disney se inspirou quando passeou pela Rota. O Castelo de Neuschwanstein, perto da última cidade da Rota, em Fussen, é a referência para a criação do castelo da Cinderela. Afinal, conhecer a Rota Romântica é como se estivesse num verdadeiro conto de fadas.

Se você é daqueles esfomeados, a Rota Romântica vai te surpreender com a culinária local. Quando passar por Rothenburg, experimente os pratos típicos da região como a weisswurst (salsicha branca), o scheeballen (doce frito com açúcar, canela e cobertura) e outras comidas a base de carne de porco e batatas. Para a comida descer, nada como uma bela cerveja alemã!

Via Claudia Augusta começa entre as cidades de Augsburgo e Fussen

A aventura da Rota Romântica pela Via Claudia Augusta!

Provando que amar é para os fortes, a Rota Romântica da Alemanha também é o roteiro da galera da bicicleta. Se você gosta de andar com a magrela pra cima e pra baixo, vai curtir a Via Claudia Augusta, que atravessa a Alemanha, Áustria, Suíça e Itália. Ela começa quase ao fim da Rota Romântica, no trecho que liga as cidades de Augsburgo a Fussen.

Veja como se planejar para a sua viagem internacional

Construída pelo Império Romano há 2000 anos ao longo do rio Lech, a estrada cruza a região dos Alpes e se encerra no território ítalo. Na época em que foi construída, a via tinha importante papel cultural e comercial para os romanos. Após dois milênios, a maior parte da Via Claudia Augusta é cortada por ciclovias.

Vamos pra Alemanha?

Se você estiver procurando por aventura, paisagens magníficas e imergir na cultura alemã, a Rota Romântica fará você se apaixonar pela Bavária. O blog Vamos Pra Onde?, que já fez uma matéria sobre a LiberFly, escreveu com riqueza de detalhes sobre o passeio pela Rota Romântica.

Independente de realizar o percurso de carro, bike, sozinho ou acompanhado, conhecer a fundo os locais medievais que fazem parte da história da humanidade vai te fazer se apaixonar, ainda mais, pelo mundo e, principalmente, viajar!