Para conter a proliferação do coronavírus, entenda neste post como está sendo o serviço de bordo durante a pandemia, pois houve diversas alterações.

Você já sabe que há obrigatoriedade das máscaras e que agora tem aumentado a exigência quanto ao exame PCR para Covid-19 antes de embarcar.

Mas e os serviços de alimentação no voo? É permitido tirar a máscara para se alimentar? A entrega de lanches e refeições foram suspensas?

Para tirar todas as suas dúvidas, acompanhe a leitura!

O que é serviço de bordo?

Em geral, o serviço de bordo é associado às comidas, bebidas e lanches servidos no avião. Porém, ele vai além disso.

Este serviço se refere a toda a assistência oferecida pelos tripulantes e comissários durante o voo. Desde a recepção dos viajantes quando chegam ao avião até a saída, com o intuito de zelar pela comodidade e conforto do passageiro.

Você pode então ter a dúvida se determinados serviços prestados a bordo são gratuitos ou pagos.

As empresas aéreas não são obrigadas a oferecer comida de forma gratuita. Isso pode variar de companhia para companhia, mas, normalmente, os lanches são oferecidos como cortesia.

E como está sendo o serviço de bordo durante a pandemia? Antes da Covid-19, era comum a entrega de lanches e frutas pela manhã, e sanduíches, bebidas e comidas à tarde e à noite.

Ainda, era possível escolher refeições especiais, como comida vegetariana, por exemplo. Nesse caso, de modo gratuito ou pago, e por meio de uma solicitação com antecedência.

Quando se comprava uma passagem, você já sabia de antemão qual era o serviço de bordo gratuito disponível ou se precisaria pagar na hora da reserva ou durante o voo.

Um outro ponto relacionado ao serviço de bordo é quanto aos assentos, se são ergonômicos, reclináveis e com encostos.

Nesse quesito, não houve mudanças relacionadas ao contexto da pandemia. Exceto quanto ao espaço entre uma pessoa e outra na ocupação das poltronas.

Quanto à possibilidade de usar entradas USB para carregar aparelhos eletrônicos, as companhias têm permitido seu uso como forma de substituir alguns tipos de entretenimento que foram suspensos.

Para quem não sabe, é permitido levar dispositivos MP3, tablets e celulares. Algumas companhias também contam com telas nas aeronaves para assistir a filmes e séries.

Comidas e bebidas: como está sendo o serviço de bordo durante a pandemia?

As companhias aéreas nacionais interromperam o serviço de bordo, com intuito de diminuir o contato entre a tripulação e os passageiros.

Essa é uma determinação da Anvisa, para evitar que todos os passageiros tirem a máscara no mesmo horário para se alimentar.

Porém, algumas continuam oferecendo serviços de comida ou bebida durante o voo internacional. Em todo caso, há novas regras e você poderá perceber na sua viagens essas mudanças.

As companhias aéreas nacionais interromperam o serviço de bordo, com intuito de diminuir o contato entre a tripulação e os passageiros.

Isso pode variar de acordo com a duração do voo, a companhia aérea e também a classe em que vai viajar.

Na classe econômica, os lanches individuais são selados quando são servidos. E há uma oferta restrita de bebidas, que também são lacradas.

Na primeira classe, também são oferecidos lanches individuais e bebidas lacradas. Em geral, as refeições não possuem mais vários pratos, e sim uma bandeja única ou uma caixa embalada.

Além disso, as bebidas não estão sendo servidas em garrafas grandes, mas em latas ou em recipientes para uma pessoa, o que vale para bebidas alcóolicas também.

E para a água, como está sendo o serviço de bordo durante a pandemia? A água continua a ser servida normalmente nos voos, em embalagem individual, quando há solicitação dos passageiros.

Como está sendo o serviço de bordo durante a pandemia nas principais empresas aéreas?

Azul, Gol e Latam

A Azul, a Gol e a Latam suspenderam de modo temporário o serviço de bordo, exceto a entrega de água.

United Airlines

A United Airlines permite que os passageiros solicitem bebidas na classe econômica, se voo tiver duração de até 2 horas e 30 minutos. Mas a companhia não serve lanches.

Para voos superiores a essa duração, a empresa oferece um lanche embalado e um lenço para higienização.

No caso de passageiros de primeira classe, se o voo for de menos de uma hora, eles também podem solicitar bebidas.

Já se o voo for de mais de uma hora na primeira classe, eles também recebem lanche e lenço para higienização.

Na classe econômica de voos internacionais, os passageiros recebem ao entrar lanche e sobremesa embalados, além de uma refeição lacrada durante o voo.

Lufthansa

Como está sendo o serviço de bordo durante a pandemia na Lufthansa?

Na Lufthansa, a companhia adotou da mesma forma medidas de acordo com o tempo de voo. Na classe econômica, em voos com duração menor que 50 minutos não há serviço de bebidas.

Se a duração for maior que 50 minutos, os passageiros recebem uma garrafa de água. Já se o voo durar mais de 150 minutos, são entregues lanches e bebidas.

E se a viagem for por mais de 3 horas, os passageiros recebem sanduíche vegetariano ou podem encomendar refeições especiais.

Na classe executiva, continuam os serviços rotineiros de bebidas e comida, com os devidos cuidados para evitar a propagação do coronavírus. É possível também fazer pré-encomendas.

Qatar Airways

Em outra linha, na Qatar Airways o serviço de bebidas continua completo em todos os voos. Na classe econômica, varia de acordo com a duração de viagem.

Para voos que duram menos de 2 horas, é entregue um lanche. Para voos com duração maior que 2 horas, há uma refeição principal.

Voos superiores a 7 horas têm um lanche e uma refeição principal. Já voos que duram mais de 12 horas têm 2 refeições principais e um lanche.

Como está sendo o serviço de bordo durante a pandemia na primeira classe? Na primeira classe da Qatar Airways, não é possível fazer pré-encomendas.

Mas os passageiros dispõem de bebidas, cardápios únicos, jantar em uma bandeja e seleção diversificada de bebidas e lanches.

É permitido levar a própria comida no voo?

Sim, é possível levar a sua própria comida no voo. O objetivo para a suspensão dos serviços de bordo é o de evitar contato entre tripulantes e passageiros. Então, você pode levar lanches e bebidas.

No caso de voos nacionais, as regras são menos restritivas. Para voos internacionais, costuma-se proibir alimentos na bagagem de mão ao passar pelo raio-X. É preciso passar separadamente.

É permitido levar alimentos para bebê, pão, cereais, queijo, chocolate, carne, biscoitos e outros. No caso de frutas, não podem ser consumidas em voos internacionais, por causa do risco de transmissão de pragas.

Os restaurantes nos aeroportos estão funcionando normalmente?

Dependendo do aeroporto, podem haver mais ou menos restaurantes abertos. Porém, no geral a maioria das lojas e estabelecimentos estão fechados ou com horários reduzidos de funcionamento.

Antes de viajar, você consegue verificar no site do aeroporto como está essa situação. Assim, pode se precaver e se planejar com antecedência.

Quais são as regras para líquidos no voo?

Já vimos como está sendo o serviço de bordo durante a pandemia quanto às bebidas oferecidas. Mas e os líquidos que os passageiros podem levar?

No caso de voos internacionais, prevalece o limite de 100 ml. Quantidades até esse valor podem ser levados no avião. Isso inclui o álcool, mas varia de acordo com a companhia aérea.

As que permitem levar álcool estabelecem que o líquido precisa ser alocado em um saco plástico. Em geral, você pode levar bebidas não alcoólicas.

Leia também: O que fazer se o voo atrasa e perde conexão?

É permitido tirar a máscara para se alimentar no avião?

Como você já deve saber, é obrigatório o uso da máscara no avião em todas as companhias aéreas.

No Brasil, apenas crianças com menos de 3 anos e pessoas com determinadas deficiências não precisam usá-la.

Inclusive, algumas companhias internacionais existem até mesmo o uso de face shields além da máscara.

Contudo, para se alimentar você pode removê-la temporariamente e colocá-la de volta assim que terminar sua refeição.

Algumas companhias, porém, distribuem alimentos apenas no desembarque. No caso das empresas aéreas que permitem a alimentação durante o voo, é recomendado que higienize as mãos antes e depois de retirar a máscara.

Se a viagem for longa, em algum momento você precisará tirar a máscara para beber água e não ficar desidratado. E, como se sabe, higienizar as mãos evita o risco de contaminação.

As companhias estão oferecendo cobertores no serviço?

Como está sendo o serviço de bordo durante a pandemia quanto aos cobertores no voo?

Cada companhia tem um protocolo diferente. Na Azul, costuma-se oferecer cobertores e mantas em voos internacionais. Já a Gol suspendeu a entrega de travesseiros e cobertores em voos ao exterior.

Na Latam, os cobertores são oferecidos em voos internacionais curtos, apenas se os passageiros pedirem. Nos voos internacionais longos, todos recebem cobertores.

Leia também: Meu voo foi cancelado. Quais despesas a companhia aérea deve arcar?

Quais são os cuidados relacionados aos comissários de bordo?

O que prevalece entre as empresas aéreas é a redução do contato entre comissários de bordo e passageiros.

Todos a bordo precisam usar máscaras e, em algumas companhias, os comissários usam também luvas.

A medição de temperatura acontece para os tripulantes também antes de se iniciar o turno de trabalho. Se houver sinais de febre, eles são dispensados e devem seguir recomendações médicas.

Por fim, no setor aéreo há diferentes abordagens dependendo do país ou se o voo é nacional ou internacional.

Além disso, as regras podem mudar conforme a evolução ou retrocesso do quadro da Covid-19 no Brasil e no mundo.

Agora você já sabe como está sendo o serviço de bordo durante a pandemia. Mas, para saber mais detalhes de uma demanda específica, consulte os sites das empresas aéreas e dos aeroportos.

Espero que as informações tenham sido úteis!

Se você teve problemas com empresas aéreas nos últimos 5 anos, entre em contato com a Liberfly!